Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Cássio diz que se posicionou bem no gol do Boca: "Foi um golaço"

Marcos Guedes e Helder Júnior São Paulo (SP)

Figura decisiva na conquista da última Copa Libertadores, Cássio não foi bem na eliminação do Corinthians neste ano. O goleiro foi surpreendido por Riquelme em um cruzamento feito da direita, a vários passos do bico da área. Encoberto, não viu uma falha sua na jogada.

“Golaço. Simples. Ele errou a batida e acabou fazendo um golaço”, resumiu o camisa 12, incomodado com a insistência nas perguntas sobre o lance que abriu o placar no estádio do Pacaembu. “Você viu o gol? Sou um cara crítico, mas o cara mandou na gaveta.”

A jogada aconteceu logo após um gol mal anulado do Timão, marcado por Romarinho. Riquelme bateu uma falta da direita com um passe curto, avançou alguns metros e mandou a bola no ângulo direito de Cássio. O Alvinegro só empatou, ficando a dois gols do necessário para a classificação às quartas de final.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Cássio e Alessandro a bola que abriu o placar no Pacaembu e dificultou demais as coisas para o Timão
“Eu estava posicionado normalmente. Eu estava posicionado para cortar o cruzamento, e acho que o cara foi muito feliz. Seria diferente se a bola estivesse rolando, mas ele tinha a situação do chute e a do cruzamento. Acabou fazendo o gol”, justificou o melhor jogador do último Mundial, que demonstrou insegurança em várias outras jogadas.

O bom jogador não foi criticado por Tite. “Eu não consegui fazer uma leitura legal da jogada. O Riquelme foi chutar ou cruzar? A gente também criou oportunidades e não as transformou em gols. A derrota é coletiva, o Riquelme também teve muita facilidade de meter a bola. Mesmo sendo uma falha, futebol é uma relação de conjunto”, comentou o técnico.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade