Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Ceni segue com dor e é principal dúvida para estreia tricolor

Tossiro Neto São Paulo (SP)

A principal dúvida do técnico Ney Franco para a estreia do São Paulo, no domingo, diante da Ponte Preta, é Rogério Ceni. O goleiro de 40 anos não treinou com bola nem uma vez sequer desde a eliminação na Libertadores para priorizar tratamento do trauma no pé direito, machucado desde o fim de março.

Na segunda-feira, ao notar que não havia evolução clínica imaginada pelos médicos, ele passou por novo exame na capital paulista antes de se reapresentar com os demais jogadores no CT das divisões de base, em Cotia. Também não viajou para o amistoso contra o Londrina e, na quinta, enquanto o elenco folgava, realizou tratamento em dois períodos no Reffis.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net
Goleiro tem trabalhado no Reffis desde a eliminação da equipe nas oitavas de final da Libertadores
Para ir a campo neste momento, Ceni teria que tolerar o incômodo no dorso do pé e no tornozelo. Segundo o médico José Sanchez, foi assim que ele participou das últimas partidas decisivas da equipe no Campeonato Paulista e na Libertadores – entre uma e outra, tinha pouco contato com bola, limitando-se praticamente a fisioterapia e repouso.

O primeiro jogo do Campeonato Brasileiro não tem o mesmo peso dos jogos de mata-mata em que atuou, e isso pode fazer a diferença na opção de enfrentar ou não a dor. A intenção do departamento médico é vetá-lo, porém sua decisão, considerada por alguns como teimosia, sempre prevalece.

A dois dias da partida, o técnico Ney Franco ainda não sabe se poderá contar com o capitão em Campinas. "Ele está em tratamento intensivo e vai passar por avaliação. Mas, se ele não tiver condição, estamos muito bem servidos na posição", opinou, referindo-se ao substituto imediato Denis e ao terceiro goleiro Léo. Ambos jogaram no meio de semana, diante do Londrina.

Além de Ceni, outra incerteza é Osvaldo. Ele machucou o quadril há três semanas, está em fase final de recuperação e deve se juntar aos treinos com o elenco na tarde desta sexta-feira. Se for liberado, toma a vaga de Maicon. Caso contrário, o São Paulo será formado com Silvinho e Luis Fabiano como únicos atacantes. O zagueiro Rafael Toloi e o meia Paulo Henrique Ganso, lesionados, são desfalques certos.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade