Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Chegada de artilheiro deve facilitar saída de Henrique

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Contratado no início do ano e tratado como uma grande aposta pela diretoria, o atacante Henrique não conseguiu se firmar ainda no Botafogo. Teve poucas oportunidades com o técnico Oswaldo de Oliveira, que nunca escondeu sua preferência por nomes como Rafael Marques e Bruno Mendes para o setor. Para piorar ainda mais a situação de Henrique, ninguém em General Severiano esconde que o principal investimento no elenco para a disputa do Campeonato Brasileiro será a contratação de um artilheiro. O nome mais cotado é o do paraguaio Roque Santa Cruz, que tem vínculo com o Manchester City até o próximo mês e está emprestado ao Málaga, da Espanha. Justamente a chegada de um atleta de impacto deverá facilitar a saída de Henrique.

Independentemente de qual seja o futuro de Henrique, é certo de que o jogador será apenas emprestado, pois é tratado como promissor no Botafogo. Revelado pelo São Paulo, tendo passagem pelo Sport ne se destacado pela Seleção Brasileira no último Mundial Sub-20, o jogador deverá ser cedido por empréstimo ao Bahia. As negociações entre os dois clubes estão muito avançadas e o desfecho pode acontecer já nesta semana.

Além de Rafael Marques e Bruno Mendes, o Botafogo conta para o ataque com Sassá, revelado nas categorias de base do clube. Vitinho, outra cria da base, também pode jogar no setor. Assim, com a chegada de mais um atacante, ainda mais de impacto, Henrique ficaria muito escondido no elenco e não poderia ter uma sequência de jogos.

O elenco do Botafogo está de folga até esta segunda-feira, quando o grupo se reapresenta e começa a preparação para a partida de volta da segunda fase da Copa do Brasil, diante do CRB-AL, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), no dia 22 de maio. Como o primeiro duelo, em Alagoas, terminou empatado sem gols, quem ganhar avança. Novo empate por 0 a 0 forçará a disputa de pênaltis, e qualquer outro empate classifica os nordestinos, pois os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate.

Satiro Sodré/Divulgação AGIF
Henrique chegou ao Botafogo no início deste ano como solução para o ataque, mas não conseguiu se firmar

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade