Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Liga Europa - ( - Atualizado )

Chelsea faz gol no final, vence Benfica e é campeão da Liga Europa

Amsterdã (Holanda)

O Chelsea é campeão da Liga Europa. Em jogo emocionante, realizado em Amsterdã, os Blues salvaram sua temporada com um gol de Ivanovic nos últimos minutos de jogo, que garantiu a vitória sobre o Benfica por 2 a 1.

Antes, Fernando Torres, para os ingleses e Cardozo, para o Benfica já haviam marcado. Com a vitória, os londrinos decretam a segunda derrota dos portugueses nos acréscimos na mesma semana. No último sábado, o Porto já havia batido os Encarnados de forma semelhante no Campeonato Português, por 2 a 1, um resultado que pode ter custado o título aos lisboetas.

O Chelsea é o primeiro time a conquistar a Liga dos Campeões e a Liga Europa de maneira consecutiva. Antes, apenas o Porto, de maneira invertida, nas temporadas, 2002/03 e 2003/04, havia conquistado os dois títulos continentais em sequência.

O jogo - Com a maior parte da torcida ao seu lado, o Benfica iniciou o jogo demonstrando maior tranquilidade e controlando a posse de bola, sem ameaçar muito, a princípio.

Aos poucos, os Encarnados começaram a chegar e a área do Chelsea passou a ser um dos lugares mais dominados pelos portugueses, que, em vários momentos trocaram passes diante de um paredão de defensores dos Blues, sem conseguir finalizar.

Os ingleses, que se perdiam com os passes longos, normalmente errados, conseguiram assustar apenas com chutes de longa distância. Oscar, da intermediária, tentou e o goleiro brasileiro Artur defendeu em dois tempos.

AFP
Fernando Torres comemora o primeiro gol do Chelsea, que venceu por 2 a 1 e se sagrou campeão da Liga Europa
No melhor lance da etapa inicial, Lampard acertou um chute cheio de veneno, no contrapé de Artur, que conseguiu se recuperar de maneira espetacular e realizar uma grande defesa, que garantiu o 0 a 0 até o fim do primeiro tempo. Na etapa final, o Chelsea voltou com uma proposta diferente, adiantando a marcação e dificultando o trabalho do Benfica, principalmente na saída de bola. Assim, os britânicos passaram a dominar o time de Lisboa e esboçaram uma pressão.

Contudo, quem assustou primeiro foi o Benfica, aos 13 minutos. Cardozo, por trás da zaga do Chelsea cabeceou com muito perigo, mas Cech fez a defesa e saiu jogando rápido. A bola foi espirrada e sobrou para Fernando Torres, cara a cara com Artur. Com a tranquilidade habitual, o atacante espanhol fintou o goleiro brasileiro e empurrou para as redes.

A alegria dos ingleses não durou muito. Aos 22 minutos, Azpilicueta colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti. O paraguaio Óscar Cardozo bateu firme, no meio do gol, e empatou a partida.

O jogo esfriou com o gol do Benfica e a próxima chance só aconteceu aos 36, mais uma vez com Cardozo. O paraguaio tabelou com Sálvio e soltou uma bomba de voleio. Cech voou no ângulo direito para fazer grande defesa.

No final do jogo, aos 42 minutos, Lampard arriscou um belíssimo chute de fora da área e carimbou o travessão de Artur, que já havia sido vencido.

Aos 47, o Chelsea deu seu golpe final, e acertou, de uma forma muito parecido com o do Porto, no último sábado. Ivanovic subiu mais alto que todos zagueiros do Benfica em cobrança de escanteio e mandou no cantinho para soltar o grito de campeão do torcedor inglês.

AFP
Após levantarem o título da Liga dos Campeões na última temporada, o Chelsea ergue o troféu da Liga Europa

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade