Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Bastidores - ( )

Daniel Alves diz que chegada de Neymar seria um "alívio" para Messi

Barcelona (Espanha)

A transferência de Neymar para o Barcelona parece ser questão de tempo. Caso o Santos não entre em acordo com os catalães para vender o craque na janela de transferências do meio deste ano, o craque deve tomar o caminho da Espanha após a disputa da Copa do Mundo de 2014, quando seu contrato com o Santos se encerra. Para o lateral Daniel Alves, companheiro de Neymar na Seleção, a chegada da Joia seria um “alívio” para Messi.

“Se ele vier, será um alívio, porque vai ajudar muito o Messi. Às vezes falta alguém que desequilibre, algo que talvez o Neymar possa fazer, em comparação a outros jogadores do time”, declarou.

Daniel Alves minimiza eventuais problemas de entrosamento entre o astro argentino e o craque brasileiro, considerando que é melhor “ter dois fenômenos do que um”.

AFP
Daniel Alves e Neymar com a camisa da Seleção Brasileira, no amistoso contra a Bósnia, em 2012
“Quando os jogadores são bons, se entendem melhor. Eles jogam em posições diferentes. Não creio que poderia haver um problema de incompatibilidade, porque Neymar é um garoto muito humilde, que não quer ser protagonista dentro de campo”, disse.

As negociações entre Santos e Barcelona continuam. Os dirigentes santistas recusaram a primeira proposta dos catalães, de 17 milhões de euros (R$ 44,7 milhões). Na segunda tentativa, também fracassada, o Barça ofereceu 20 milhões de euros (R$ 52,6 milhões).

Diante da possibilidade de ver Neymar ir embora sem receber nada, o Santos cogita a venda de seu melhor jogador, que tem seus direitos econômicos repartidos. O clube da Vila detém 55%, a DIS possui 40% e a Teisa (Terceira Estrela Investimentos S.A.) é dona dos outros 5%.


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade