Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa das Confederações - ( - Atualizado )

Daniel Alves pede "conceito" na Seleção para Copa das Confederações

Barcelona (Espanha)

Campeão da Copa das Confederações em 2009, o lateral direito Daniel Alves é remanescente da conquista na África do Sul na Seleção. Em entrevistas ao canal Fox Sports, nesta terça-feira, o atleta do Barcelona mostrou confiança para triunfar pela segunda vez na competição e destacou a preparação no Rio de Janeiro como fator fundamental para o sucesso do time comandado por Felipão.

Os 23 jogadores convocados se apresentarão ao treinador no próximo dia 27, no Rio de Janeiro, onde iniciam treinamento para a competição. Os trabalhos serão realizados na Escola de Educação Física do Exército, na Urca. Antes do início do torneio, o Brasil ainda joga amistoso contra a Inglaterra, dia 2 de junho, no Maracanã, e contra a França, dia 9 de junho, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

“Acho que esses 20 dias servirão para nos fazer entrar no torneio e competir bem. A grande base de uma conquista, de um grande time, é ter ideias e conceitos. O Felipão é um treinador experiente, que inclusive trabalhou na Europa, onde você aumenta os seus conceitos táticos e de grupo. Se você tem qualidade dentro elenco, as coisas ficam mais fáceis”, disse, lembrando as passagens do treinador por Portugal (2003-2008) e Chelsea (2008-2009).

Titular absoluto do time verde-amarelo, Daniel Alves tem como principal concorrente o volante Jean, que foi convocado por Scolari para ser improvisado na lateral. Ainda sob o comando de Mano Menezes, o camisa 2 disputou vaga com Rafael (Manchester United), Danilo (Porto), Maicon (Manchester City) e Adriano (Barcelona), levando a melhor diante de todos eles.

“Eu gosto bastante do Jean. É um volante, mas que também tem um excelente desempenho na lateral. Era uma das opções que o Felipão tinha, ele precisava tomar decisões. As decisões agradam em algumas oportunidades e em outras não”, completou.

A trajetória brasileira na Copa das Confederações começará em 15 de junho, às 16 horas (de Brasília), quando duela com o Japão, no Estádio Nacional, em Brasília. Ainda pelo Grupo A, a Seleção enfrenta Itália e México. Na outra chave, Espanha, Uruguai, Nigéria e Taiti lutam por um lugar na semifinal.

“A Espanha é uma das favoritas. É a campeã do mundo, precisa ser respeitada. Favoritismo no papel não serve, tem que ser mostrado dentro da competição”, encerrou Daniel Alves.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade