Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Douglas entra bem aos 36min e tem camisa disputada por Tite

Santos (SP)

Quinze minutos foi o tempo que Douglas teve para impressionar e fazer Tite pedir sua camisa na Vila Belmiro. O meia deixou o banco de reserva aos 36 da segunda etapa da final contra o Santos e, na opinião do treinador corintiano, deu contribuição importante para assegurar o titulo paulista depois de substituir Guerrero.

"Eu quero a camisa dele. Entrou bem pra caramba. Em dez minutos, teve condição de posse de bola, de fazer a diferença", disse, errando apenas o tempo – estendido bastante pelo árbitro por conta da paralisação do jogo após o arremesso de sinalizador no campo.

Até os 51 minutos, Douglas soube prender a bola quando necessário e deixar os atacantes em ótima condição quando possível. Romarinho e Alexandre Pato, no entanto, não aproveitaram as  assistências. O primeiro acertou a trave. O último bateu à esquerda do gol de Rafael.

As chances desperdiçadas pelos atacantes enraiveceram o comandante corintiano, pois mais um gol santista, àquela altura, levaria a decisão aos pênaltis. No fim, porém, pôde festejar tranquilamente o primeiro título paulista da carreira com o empate por 1 a 1.

"O Douglas foi decisivo, deu velocidade ao time. O jogador deixa de ser vaidoso, porque sabe que tem uma coisa muito maior (em jogo) para todos", elogiou Tite, já campeão brasileiro, sul-americano e mundial pelo Corinthians, mas até então sem a camisa de Douglas.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade