Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Elogiado por Muricy, Felipe Anderson reclama possível pênalti

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Destaque do Santos no segundo tempo da primeira partida da final do Campeonato Paulista, vencida pelo Corinthians, no último domingo, no Pacaembu, o meia Felipe Anderson deixou uma boa impressão do seu rendimento, ao técnico Muricy Ramalho. Mas, apesar de ter recebido elogios do chefe, o jovem meio-campista acredita que a história da decisão estadual poderia ter sido outra, caso um pênalti sobre ele tivesse sido marcado.

O lance em questão, reclamado por Felipe Anderson, foi uma disputa de bola com o lateral-esquerdo do Timão, Fábio Santos. No choque com o corintiano, o jogador santista foi para o chão, mas a arbitragem entendeu que o lance foi normal e optou por não marcar nenhuma infração.

“Vi todos os lances (do jogo) praticamente, mas em nenhum vídeo mostrou essa jogada, detalhadamente. Quando cai, achei que o juiz ia dar (a falta). Não sei se foi pênalti. Eu estava olhando para a bola e, de repente, tomei um susto. Levei um tranco, não vi a bola e cai. Realmente, não sei se houve a falta”, disse Felipe Anderson, nesta terça-feira, no CT Rei Pelé.

Mesmo sem a convicção de que teria sofrido pênalti, o meia sabe que um gol, naquela altura do duelo – o placar marcava 2 a 1 para o Corinthians – poderia ter ajudado a equipe praiana a sair com um resultado melhor do Pacaembu. “Poderia mudar tudo, pois seria um resultado igual, que nos daria mais tranquilidade para a segunda partida. Seria outra história”, comentou.

Se por um lado, o Santos questiona o lance envolvendo Felipe Anderson, por outro, o Timão também reclama uma possível penalidade, em cima de Romarinho, em jogada com o zagueiro Edu Dracena, na primeira etapa.

Reclamações à parte, com o revés, o Peixe precisa vencer o Corinthians por dois gols de diferença para ser campeão ou, pelo menos, por um gol de vantagem, para levar a decisão do título para as cobranças de pênaltis.

Demonstrando confiança no seu time, Felipe Anderson prefere focar no confronto marcado com o Timão, para o próximo domingo, às 16 horas (horário de Brasília), na Vila Belmiro. “Agora não podemos nos lamentar. É trabalhar bastante e buscar esse resultado”, encerrou.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade