Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Alagoano - ( - Atualizado )

Em meio a polêmica, CRB e CSA decidem o título alagoano

Maceió (AL)

Em meio à polêmica criada durante a semana envolvendo a inscrição do atacante Denílson, CRB e CSA decidem, neste sábado, às 16 horas (de Brasília), no Estádio Rei Pelé, o título do Campeonato Alagoano. O CRB, que venceu a primeira partida por 4 a 2, pode até perder por um gol de diferença, que, mesmo assim, garantirá a conquista.

“Vamos ganhar o bicampeonato na bola, e somente na bola, com muitos gols e alegria. Ele (Jorge VI, presidente do CSA) é uma pessoa que gosta de polêmica e deveria se preocupar com os problemas financeiros por que o clube dele passa. Confio plenamente no supervisor Marcos Lima Verde, que nunca iria deixar uma situação desta acontecer no CRB”, atacou o presidente do CRB, Marcos Barbosa.

Durante a semana, a diretoria do CSA acusou o CRB de ter inscrito Denílson de forma irregular no Estadual, e até a paralisação do campeonato chegou a ser cogitada. Na última quinta, a diretoria do CSA protocolou uma ação para denunciar a suposta irregularidade.

“O novo presidente do conselho deliberativo do CRB, Dr. Fernando Paiva, estará ingressando com uma ação judicial nesta sexta-feira (17), na qual os responsáveis pela tentativa de denegrir a imagem do CRB, do atleta Denílson, da FAF, CBF e até da Fifa, terão que arcar com as consequências penais”, diz parte da nota assinada pelo mandatário do CRB, veiculada no site oficial do clube.

Polêmicas à parte, dentro de campo o treinador do CRB, Ademir Fonseca, descarta qualquer tipo de definição e prega a total aplicação de seus comandados nesta segunda partida.

"Estamos chegando perto de um momento muito especial. Uma decisão é feita de detalhes. Fizemos um bom primeiro jogo e temos que suar muito nos últimos 90 minutos para ficar com o título. Sabemos das qualidades do adversário e vamos trabalhar para neutralizá-las", disse o treinador do CRB, Ademir Fonseca.

Para ficar com o título, o CSA precisará vencer o CRB por pelo menos três gols de diferença. Caso o triunfo seja por dois gols, a decisão irá para a prorrogação. Vitória simples é insuficiente para o Azulão. “Temos que ter tranquilidade dentro de campo para mudar a situação”, disse o lateral esquerdo Fabiano.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade