Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Felipe Anderson pede calma e lembra: “Temos o improviso do Neymar"

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Derrotado na primeira partida da final do Campeonato Paulista, pelo Corinthians, por 2 a 1, no último domingo, no Pacaembu, o Santos admite que poderia ter apresentado um melhor futebol no primeiro tempo do clássico. Por isso, o meia Felipe Anderson acredita que a equipe praiana irá entrar em campo com uma motivação extra para enfrentar o Timão, na busca pelo tetracampeonato estadual.

“Vamos precisar ter paciência, sem entrar na ‘loucura’ de buscar o resultado de qualquer jeito. Vamos entrar com ‘sangue nos olhos’. Mas temos de ser calmos para achar o gol, sem afobação”, discursou o jovem meio-campista, que vive a expectativa de ser titular na decisão.

O meia Montillo segue em recuperação de um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda e é dúvida para a final do Paulistão. Caso o argentino seja vetado pelo departamento médico santista, Felipe Anderson é o grande favorito para substituí-lo diante dos corintianos.

Respeitando o adversário, o jogador elogiou o Corinthians, mas lembrou que a capacidade que Neymar tem em desequilibrar as partidas pode ser um ponto favorável ao Santos, na briga por mais um título paulista.

“A gente sabe que eles vem jogando há dois anos assim, é um time que sofre poucos gols. Eles também ganham por poucos gols. Temos que sentir o jogo, ver como eles vão se portar, para saber se devemos acelerar ou não (o ritmo). O espaço aparece. Temos a habilidade do Neymar, o improviso dele. Isso também pode fazer a diferença”, concluiu Felipe Anderson.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade