Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Fluminense liga alerta na Libertadores com eliminações brasileiras

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Único país com seis clubes nas semifinais da Copa Libertadores desta temporada, o Brasil viu suas chances de título diminuir com Palmeiras, Corinthians, São Paulo e Grêmio sendo eliminados da competição continental. Agora, Fluminense e Atlético-MG são as únicas esperanças nacionais para a sequência do torneio. Atento aos perigos advervários, o time carioca está atento para os confrontos das quartas de final.

“Nós sabemos que a Libertadores é assim mesmo. Nem sempre o time mais técnico avança. Existem outros fatores envolvidos. Um erro, uma desatenção, um dia que as coisas não dão certo e o trabalho vai todo por água abaixo. Precisamos tomar o que aconteceu com os demais clubes como lição, pois, assim como o Fluminense, eles tinham condições de brigar pelo título e acabaram saindo da disputa”, disse o volante Jean.

O goleiro Diego Cavalieri faz coro ao companheiro.

“A Libertadores não permite erro, um minuto sequer de desatenção, pois acaba punindo com a eliminação. O Palmeiras, por exemplo, conquistou um grande resultado no México, mas perdeu o foco em casa e foi castigado. O Corinthians, por sua vez, pegou um rival de muita tradição e saiu. Era um duelo equilibrado mesmo e deu Boca. Temos que ficar ligados, pois teremos mais problemas ainda nas quartas de final”, completou.

A definição do rival do Fluminense só saiu na noite de quinta-feira, quando o Olimpia derrotou os argentinos do Tigre por 2 a 0 em Assunção, no Paraguai. Na Argentina os paraguaios tinham sido derrotados por 2 a 1. Agora, na próxima quarta-feira, o Tricolor e o time do Paraguai se enfrentarão em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ). A definição de quem avança será no dia 29 de maio, em Assunção.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade