Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa Libertadores - ( )

Gil percebe descuido defensivo e promete ajuste até quarta-feira

Helder Júnior e William Correia São Paulo (SP)

O zagueiro Gil demonstrou segurança para fazer seguidos desarmes no atacante Neymar durante a vitória por 2 a 1 sobre o Santos, no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista – a ponto de ser muito festejado pela torcida do Corinthians. Bastou um descuido defensivo, no entanto, para o também defensor Durval cabecear e marcar o gol do time rival no final do clássico.

“É verdade: acabamos tomando o gol em um descuido”, reconheceu Gil, que prometeu corrigir o problema até quarta-feira, data do jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América. “A gente vai trabalhar forte durante a semana para que isso não venha a acontecer contra o Boca Juniors.”

Apesar de já pensar no reencontro com o time argentino – conforme pediu o técnico Tite –, Gil ainda não conseguiu se esquecer completamente da decisão do Estadual. O gol do Santos diminuiu um pouco a vantagem do Corinthians, que ainda ficará com o título até com um empate no clássico do próximo domingo, na Vila Belmiro.

“Ainda estamos inteiros, com vantagem para o segundo jogo da final. Com tranquilidade, conseguiremos alcançar o nosso objetivo no Paulista”, afirmou Gil, antes de voltar a seguir a ordem dos jogos decisivos. “Teremos uma partida difícil contra o Boca na quarta-feira.”

Fernando Dantas/Gazeta Press
Gil se destacou na marcação de Neymar, mas reconheceu vacilo no gol do Santos no domingo

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade