Futebol/Campeonato Gaúcho - ( )

Internacional recebe o Juventude por título antecipado no Gauchão

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Em cinco edições do Campeonato Gaúcho desde que o sistema de dois turnos foi adotado, somente em 2009 o Internacional conseguiu o título de ambos, sagrando-se campeão antecipado. Neste domingo, o Colorado tem a chance de repetir a história de quatro anos atrás. Campeão da Taça Piratini, o time de Dunga enfrenta o Juventude, no Centenário, pela decisão da Taça Farroupilha. Vencendo, conquista o tricampeonato sem necessidade de disputar uma final.

Se no meio da semana a equipe sofreu sem D’Alessandro, jogou mal e só empatou com o Santa Cruz pela Copa do Brasil, neste domingo o Inter terá time próximo do ideal para encarar o Papo. D’Ale volta à equipe, e somente Índio e Kleber, que ainda nem estrearam em 2013, ficam de fora.

A principal dúvida de Dunga é na primeira função do meio-campo. Ygor, titular teórico da posição, vem ficando no banco de Aírton, que conta com mais ritmo de jogo. De resto, não há qualquer problema de escalação. D’Alessandro retoma lugar ao lado de Fred na articulação, a defesa está completa e a dupla Forlán-Damião está confirmada na frente.

Os jogadores admitem que atuação em Recife ficou abaixo do esperado. A meta é que ela não se repita neste domingo, contra o Juventude: “realmente não jogamos bem, mas agora precisamos pensar no jogo de domingo. O que aconteceu hoje aqui não pode nos abalar para domingo”, reconheceu o volante Willians, logo após a partida no Arruda. O time titular do Inter só perdeu uma vez em 2013 – para o Veranópolis, por 1 a 0, no início de abril.

Alexandre Lops/Divulgação/Internacional
O volante Willians foi o autor do gol da classificação e deve estar em campo contra o Juventude
O Juventude não ganha do Internacional desde a primeira partida da final de 2008. Levou 8 a 1 no Beira-Rio no jogo de volta e, desde então, nunca mais superou o time da capital. No entanto, a equipe de Caxias vem motivada por ter eliminado o Grêmio, nas semifinais, no último sábado, após uma dramática decisão por pênaltis. Neste Gauchão, o Papo só perdeu dois dos 17 jogos que disputou (um deles justamente para o Inter, por 4 a 1, em Lajeado).

O técnico Lisca resolveu não fazer mistério e confirmou a equipe que começará o jogo após um treino aberto à imprensa nesta quinta. A principal volta é do atacante Bergson, que não enfrentou o Grêmio por estar emprestado e ainda pertencer ao Tricolor. “Vamos dar o nosso melhor, a nossa vida. Esperamos sair vencedores no domingo”, disse o meia Diogo Oliveira ao jornal Pioneiro, dando uma mostra do sentimento de mobilização que vive o elenco do Ju.

Mesmo que o adversário seja caxiense, o Inter confirmou a partida para o Estádio Centenário. A equipe de Dunga tem recebido bons públicos nos últimos jogos em Caxias do Sul, e quer manter identificação com a torcida local, já que mandará os jogos do Campeonato Brasileiro na Serra Gaúcha. A expectativa é de ao menos 20 mil torcedores para a final. O maior público do Gauchão até agora é de um jogo entre Grêmio e Caxias, na Arena, que recebeu cerca de 18 mil pessoas.

Caso o Juventude vença o Inter nos 90 minutos ou nos pênaltis, será o campeão da Taça Farroupilha e forçará a decisão do Gauchão em mais dois jogos, nos dias 12 e 19 de maio. A primeira partida, neste caso, ocorreria no Alfredo Jaconi, e o segundo jogo no Centenário, com mando de campo colorado.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X JUVENTUDE

Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul
Data: 5 de maio de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro:
Assistentes:

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Juan e Fabrício; Aírton, Willians, Fred e D’Alessandro; Forlán e Leandro Damião
Técnico: Dunga

JUVENTUDE: Fernando; Moisés, Rafael Pereira, Diogo e Robinho; Fabrício, Jardel, Rogerinho e Diogo Oliveira; Bergson e Zulu
Técnico: Lisca

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade