Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Leonardo pode ser técnico interino do PSG até que Wenger assuma

Paris (França)

Com as recusas de José Mourinho e Arsène Wenger, a diretoria do PSG está cada vez mais próxima de escolher Leonardo, atual diretor-esportivo do clube, como o técnico da temporada seguinte. De acordo com o jornal francês L’Équipe, o brasileiro poderia até ser um interino.

Perto de ser anunciado pelo Chelsea, onde é ídolo, Mourinho já estaria descartado. Enquanto isto, Wenger ainda tem contrato com o Arsenal até o meio de 2014, e o francês já afirmou que quer cumprí-lo. Então, Leonardo poderia treinar o time até que Wenger deixe o clube inglês.

AFP
Ancelotti (à esquerda) estaria irritado com a influência que o diretor-esportivo Leonardo tem no time do PSG
A saída de Carlo Ancelotti, que negocia com o Real Madrid, do PSG é apenas uma questão de tempo. E a sua vontade de deixar Paris poderia estar relacionada com o próprio Leonardo, como revela o 20minutes.fr. Segundo o site, Ancelotti não gosta do ‘poder’ do diretor-esportivo.

Leonardo teria interferido nas decisões do atual comandante, que, irritado, decidiu-se após ser sondado pelo Real. A publicação qualifica Leonardo como “incômodo para qualquer técnico”, uma vez que o futuro nome teria que lidar com a liberdade do dirigente na equipe.

Porém, o presidente Nasser El-Khelaïfi poderá optar ou por Rafa Benítez, do Chelsea, ou por Roberto Mancini, demitido pelo Manchester City. Fabio Capello, atualmente na seleção da Rússia, é outra opção especulada pela imprensa local.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade