Futebol/Copa do Brasil - ( )

Marcelo Oliveira vê Cruzeiro lento e sorte no gol do Resende

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O técnico Marcelo Oliveira enxergou alguns erros no time do Cruzeiro que culminaram na não classificação direta da Raposa para a próxima fase da Copa do Brasil. Segundo ele, a equipe celeste apresentou lentidão em vários momentos da partida, e só conseguiu marcar os gols quando acelerou o ritmo, vencendo o Resende por 2 a 1, no Raulino de Oliveira.

“Fomos morosos na saída de bola. No segundo tempo, foi para cima, fez os gols e poderia ter feito mais. Colocamos dois jogadores para imprimir mais velocidade (Ricardo Goulart e Élber). o Everton Ribeiro saiu porque estava com problema de torcicolo, mas não podemos lamentar por ter ganho o jogo. Mais uma vitória e vamos decidir em casa”, analisou.

Para Marcelo Oliveira, o Cruzeiro teve várias chances para eliminar o jogo de volta no Mineirão, mas acabou sendo surpreendido no lance que gerou o gol do Resende. O treinador celeste afirma que o domínio do jogo no segundo tempo foi do Cruzeiro, mas que a vaga não chegou, situação que ajuda a transformar o futebol fascinante.

“O Cruzeiro teve chance de eliminar o Resende aqui e descuidamos na hora do gol. Dois erros se sucederam para que o adversário fizesse a lei da sorte que desviou e iria para fora. Depois do segundo gol nós tivemos o domínio quase que total, e lamentar somente o descuido. Temos que conviver com isso. Por isso, que o futebol é fascinante”, declarou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade