Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa Libertadores - ( )

Muricy prevê: "Corinthians eliminará Boca e não sofrerá com cansaço"

William Correia e Helder Júnior São Paulo (SP)

Muricy Ramalho prevê que terá pela frente, no domingo, um adversário ainda mais fortalecido na disputa pelo título paulista. O técnico do Santos acredita que o Corinthians chegará à Vila Belmiro classificado nas quartas de final da Libertadores, eliminando o Boca Juniors, e sem prejuízo por ter se desgastado na quarta-feira, diante dos argentinos, no Pacaembu.

“Acho que o Corinthians reverte”, opinou o treinador, ciente de que o rival perdeu por 1 a 0 na Bombonera e precisará vencer por, ao menos, dois gols de diferença para avançar na competição continental – novo 1 a 0 levará a disputa para os pênaltis e qualquer outro resultado classificará os argentinos.

“A campanha do Boca no Argentino é sofrível, nunca vimos um Boca tão fragilizado. Tem camisa e um técnico experiente, não posso dizer o resultado pelo respeito que tenho pelo Boca, mas vai ser muito difícil porque não passa por um bom momento, enquanto para o Corinthians é o contrário, começa a evoluir agora, nas finais”, prosseguiu Muricy.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Treinador do Santos acredita que enfrentará uma equipe ainda mais fortalecida na decisão do Paulista, na Vila
O técnico do Santos reforça que fala com base não só por ver o Corinthians, mas também o Boca. “Gosto do Campeonato Argentino. Não é um grande espetáculo, mas é uma pequena guerra, correria. Gosto de ver um futebol diferente, até para ver quem é bom jogador, e na Argentina aparecem muitos. É uma obrigação nossa acompanhar isso.”

Por conhecer o Boca, o treinador também projeta que o Corinthians não sofrerá com cansaço na Vila Belmiro. Muricy ressalta a estrutura do clube adversário e também o trabalho de Tite para não apontar um possível desgaste como vantagem na decisão, já que o Santos passará a semana só treinando.

“Jogamos quarta-feira contra o Joinville e nos portamos até bem fisicamente contra o Corinthians. Não muda muito. Os jogadores hoje estão muito preparados. O único problema é algum jogador se contundir na quarta-feira, mas não acredito em desvantagem por desgaste”, afirmou.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade