Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Palmeiras quase dobra número de sócio-torcedores e passa Fluminense

Bruno Oliveira e William Correia São Paulo (SP)

Apesar de o Palmeiras ter sido rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro na última temporada, o torcedor alviverde não deixou de acompanhar efetivamente sua equipe. Como prova disso, a diretoria do clube paulista divulgou novas estatísticas do plano de sócio-torcedor nesta quarta-feira e confirmou aumento de quase 100% no número de associados do Avanti desde o início deste ano (9.526 mil para 18.669 mil).

Um dos principais trunfos para a maior aquisição dos torcedores é a nova diretoria alviverde. Eleito presidente do Palmeiras em janeiro deste ano, Paulo Nobre contratou profissionais para alguns setores do clube paulista, incluindo o diretor-executivo José Carlos Brunoro. Desde que Nobre sucedeu Arnaldo Tirone, o plano de sócio-torcedor sofreu alterações significativas.

“Sentamos com parceiros e organizadores do programa de sócio-torcedor, reformulamos diversas coisas como sistema de compras, operação, mudamos para melhorar a central de atendimento com mais gente atendendo, mais catracas no estádio, entradas separadas para o Avanti e outras tantas coisas que melhoraram, além da nossa credibilidade”, explicou Brunoro.

O programa foi lançado em novembro de 2009, ainda durante a gestão de Luiz Gonzaga Belluzzo. A expectativa dos dirigentes era atingir 200 mil associados em dois anos e superar o Benfica, de Portugal, que naquela época liderava o ranking mundial com 170 mil adeptos. No entanto, o objetivo não foi alcançado.

O crescimento obtido neste ano coloca o Palmeiras na oitava colocação na lista de clubes com mais sócio-torcedores no Brasil. De acordo com o ranking Torcidômetro do movimento "Por um futebol melhor" - junção de empresas que oferece descontos em seus produtos -, a agremiação alviverde ultrapassou o Fluminense (16.015 mil) e se aproximou do Flamengo (18.827 mil), ficando próximo de subir para a sétima posição. O Internacional, com 82.029 mil associados, lidera a tabela.

“É uma grande satisfação, mas não é uma surpresa, já que o palmeirense é muito engajado, leal e abraça o clube em situações como essa. Tenho certeza que em pouco tempo teremos um dos programas de sócio-torcedores com mais adeptos do Brasil”, encerrou o presidente Paulo Nobre.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Eleito presidente do Palmeiras em janeiro deste ano, Nobre destacou sucesso do plano Avanti

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade