Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( )

Paysandu pressiona, mas apenas empata com o ASA-AL na estreia

Paragominas (PA)

Mesmo contando com um jogador a mais desde os 38 minutos do primeiro tempo, o Paysandu não conseguiu estrear com vitória na Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe não aproveitou a expulsão de Jorginho e empatou por 1 a 1 com o Asa em casa nesta sexta-feira.

Os dois gols foram marcados logo no início da partida. Rafael Oliveira abriu o placar finalizando da entrada da área aos cinco minutos, enquanto Wanderson aproveitou sobra de bola aos sete para igualar.

Com o cartão vermelho recebido por Jorginho por falta dura sobre Eduardo Ramos, o Papão foi melhor na segunda etapa e chegou a acertar a trave, mas não conseguiu converter a pressão em vitória.

O jogo - Fazendo valer o mando de campo, o Paysandu abriu o placar logo aos cinco minutos do primeiro tempo, quando Rafael Oliveira recebeu de João Neto na entrada da área, ajeitou para a perna esquerda e finalizou.

Completando o início frenético, o Asa precisou de apenas dois minutos para chegar ao empate. Zé Carlos chegou a fazer duas grandes defesas após cobrança de escanteio do time nordestino, mas acabou sendo superado por Wanderson.

Depois disso, porém, o ritmo de jogo diminuiu até os 37 minutos, quando Wanderson acertou uma bomba de fora da área, mas parou em defesa de Zé Carlos. No minuto seguinte, porém, um baque para o Asa: Jorginho cometeu falta dura sobre Eduardo Ramos, levou o vermelho direto e deixou sua equipe com dez jogadores.

O Papão aproveitou a vantagem numérica e voltou do intervalo pressionando, levando perigo com duas jogadas de Yago Pikachu. Aos sete minutos, um cruzamento do lateral resultou em cabeçada perigosa de Rafael Oliveira. Depois, aos 13, a própria revelação de 20 anos finalizou para defesa de Gilson. João Neto mandou o rebote para fora.

Melhor no jogo, o time de Belém do Pará quase marcou o segundo gol aos 28 minutos, quando João Neto cruzou da esquerda para Raul cabecear e acertar a trave. A pressão, no entanto, não deu resultado e o Paysandu teve que se contentar com um empate na estreia.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade