Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Bastidores - ( )

Reforços chegam à Ponte Preta e enaltecem oportunidade em Campinas

Campinas (SP)

Em busca de dar mais opções ao treinador Guto Ferreira na sequência desta temporada, a Ponte Preta acertou a contratação do lateral-esquerdo Rodrigo Biro (Penapolense) e do zagueiro César (Atlético Sorocaba). Os atletas foram aprovados nos exames médicos e se apresentaram ao clube campineiro nesta quarta-feira. Empolgados, os jogadores exaltaram a oportunidade na equipe alvinegra.

“Estou muito feliz com essa chance que a Ponte Preta está me dando. Espero fazer a mesma coisa que venho fazendo nesses anos vitoriosos. Tenho característica mais ofensiva de dribles e chegar à linha de fundo, mas ao longo desse tempo evolui bastante na marcação e espero ajudar o time onde for preciso”, disse Rodrigo Biro, que foi seguido por César.

“É uma oportunidade muito boa. Vou agarrar com unhas e dentes e procurar fazer um bom campeonato. Só de vir jogar contra a Ponte aqui no Moisés Lucarelli já foi emocionante. A Série A do Brasileiro é a realização de um sonho meu e do meu pai, que também foi jogador, mas não conseguiu ir tão longe”, completou o zagueiro.

Rodrigo Biro, de 26 anos, atuou pelo Penapolense nas últimas três temporadas e conquistou o título do Campeonato Paulista da Série A3 em 2011. Neste ano, o lateral-esquerdo disputou 20 partidas na elite do torneio estadual, sendo todas como titular, e marcou um gol. Em boas condições físicas, o atleta pode enfrentar o Bragantino já nesta quinta-feira, às 21h50 (de Brasília), no estádio Nabi Abi Chedid, em jogo válido pela segunda fase da Copa do Brasil.

“Cheguei esta semana, fiz exames e já comecei a treinar. O Guto conversou bastante comigo e espero poder ajudar os companheiros. Fico muito feliz de já poder viajar com o grupo para uma partida e quem sabe já pode acontecer minha estreia”, disse o lateral.

César, por sua vez, disputou o Campeonato Paulista da Série A2 no último ano e participou da campanha que resultou na volta a elite do futebol estadual. Em 2013, o jovem atleta, de 20 anos, participou de 17 partidas, todas como titular, marcou dois gols e recebeu cinco cartões amarelos.

“Tenho uma boa saída de jogo com qualidade no passe e vou bem na bola aérea. Meu forte é o lado direito, mas posso atuar na esquerda também sem problemas”, encerrou o defensor, de 1,90m, que disputará posição com Cléber, Ferron, Diego Sacoman e Wescley.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade