Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

São Paulo e Corinthians jogam contra a crise e por vaga na decisão

Luiz Ricardo Fini e Helder Júnior São Paulo (SP)

São Paulo e Corinthians não iniciaram como esperavam a fase de mata-mata da Copa Libertadores da América. Como foram derrotados em seus respectivos jogos das oitavas de final, os dois rivais irão se enfrentar na semifinal do Campeonato Paulista com a obrigação de reação, às 16 horas (de Brasília) deste domingo, no estádio do Morumbi.

A busca pela vaga na decisão do Estadual por si só já era bastante valorizada pelos técnicos Ney Franco e Tite, que nem cogitaram poupar jogadores neste Majestoso. Os tropeços na Libertadores deram uma importância ainda maior ao duelo, porque o vencedor levantará o ânimo para a volta das oitavas de final, enquanto o derrotado corre até o risco de ficar à beira da crise.

"Será um jogo totalmente diferente, em outra competição, e vale a passagem para a final", avaliou o técnico Ney Franco, lembrando que contará com um reforço no clássico. "Teremos a volta do Luis Fabiano. Ou seja, ganhamos uma boa opção para passar por esse jogo contra o Corinthians. Depois, vamos recuperar os jogadores fisicamente para a partida contra o Atlético".

Tite e os seus comandados também esqueceram momentaneamente o jogo de volta com o Boca Juniors, pela Libertadores. "Até porque temos um clássico importante pela frente e podemos nos recuperar", comentou o centroavante peruano Paolo Guerrero, tentando afastar qualquer abalo emocional provocado pela derrota por 1 a 0 para o time argentino, na quarta-feira.

Arte GE.Net
Em busca da vaga para a decisão estadual, Ney Franco e Tite nem cogitaram poupar jogadores
A situação do São Paulo na Libertadores é mais complicada do que a do Corinthians, pois o Tricolor foi derrotado em casa por 2 a 1 para o Atlético-MG e terá de reverter a situação já na quarta-feira, no estádio Independência. Do outro lado, o Timão terá tempo de descanso até reencontrar o Boca Juniors, no dia 15, quando buscará a vaga diante de sua torcida, no Pacaembu.

Para superar o desgaste e evitar um desequilíbrio nesta semifinal do Estadual, Ney Franco pede a ajuda dos torcedores. "Estaremos inteiros física e emocionalmente com nosso torcedor ao lado de novo", ponderou o treinador, satisfeito com os incentivos que os são-paulinos deram mesmo depois da derrota para o Atlético-MG.

Pelo Corinthians, o fato de novamente atuar fora de casa não chega a assustar. "Temos totais condições de fazer uma boa partida e começar, desde já, a reverter o que aconteceu na Libertadores", disse o zagueiro Paulo André, sem esquecer que, na primeira fase do Estadual, seu time venceu o rival por 2 a 1 no Morumbi.

Já Tite não quer nem sequer provocar uma revolta nos torcedores do São Paulo, criando um ambiente melhor para o Corinthians. "Quando a gente fica muito preocupado com os outros, esquece de pensar em si mesmo. Tenho que cuidar dos meus problemas. Pode acontece de a torcida se voltar contra eles, mas não vamos fomentar isso", afirmou o técnico.

Dentro de campo, a grande novidade para o Tricolor (conforme adiantado por Ney Franco) será o retorno de Luis Fabiano, que cumpriu suspensão na Libertadores e reassumirá seu lugar no comando de ataque diante do Corinthians. O atacante entrará na vaga do substituto imediato, Aloísio, que sofreu uma lesão muscular contra o Galo.

Ney Franco ainda prometeu escalar o zagueiro Lúcio entre os titulares, apesar de o pentacampeão ter prejudicado o time ao ser expulso no primeiro tempo do jogo da Libertadores. O restante da equipe também será mantido, até porque a dupla formada por Jadson e Ganso está melhorando gradualmente.

Do seu lado,Tite tem no meia Danilo a única dúvida para o clássico. O veterano sentiu dores nas panturrilhas durante o confronto com o Boca, em La Bombonera, porém voltou ao Brasil confiante e, mesmo sem treinar no sábado, ouviu instruções do treinador em campo. "Machucou um pouco, mas dá para me recuperar a tempo de jogar contra o São Paulo", confiou o ex-são-paulino, que será substituído por Jorge Henrique caso não tenha condições de jogo.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X CORINTHIANS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 5 de maio de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Antônio Rogério Batista do Prado
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Ricardo Pavanelli Lanutto
Assistentes adicionais: Vinícius Furlan e Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Lúcio, Rafael Toloi e Carleto; Wellington, Denilson, Jadson e Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano
Técnico: Ney Franco

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Emerson, Romarinho e Danilo (Jorge Henrique); Guerrero
Técnico: Tite

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade