Comercial Expediente Contato
Acompanhe o GE.net
Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Sem partidas na semana, Palmeiras encara Santo André em jogo-treino

William Correia São Paulo (SP)

Eliminado no Campeonato Paulista, o Palmeiras não joga desde terça-feira passada e só entrará em campo novamente no dia 14. Para evitar que o elenco perca ritmo, a comissão técnica já marcou para esta quinta-feira um jogo-treino contra o Santo André, time que disputa a segunda divisão paulista, a Copa do Brasil e se prepara para a Série D do Brasileiro.

“É importante para manter o ritmo. Não sabemos quem vai jogar (contra o Tijuana, no dia 14), mas é bom para quem não está jogando começar a jogar. E quem esta jogando para melhorar o entrosamento”, elogiou Marcelo Oliveira.

Nesta segunda-feira, os trabalhos foram somente físicos. Os jogadores se exercitaram na sala de musculação e, depois, fizeram atividades no gramado da Academia de Futebol. O time volta a treinar na manhã desta terça-feira e depois só no período da tarde, sendo que na quarta-feira os portões da Academia de Futebol estarão fechados para a imprensa.

Tanto tempo se atividade não preocupa. “Não atrapalha. Se não tivéssemos sido eliminados no Paulista, estaríamos jogando, mas o tempo chegou na hora certa. É bom para corrigir erros, ver vídeos e nos preparar bem para a volta contra o Tijuana”, disse Marcelo Oliveira.

O jogador tem discurso similar ao da comissão técnica, que comemora o período de treinamentos para reforçar a parte física. Pela pré-temporada curta, as poucas opções no elenco no início do ano e reforços estreando quase sem treinos com o elenco fizeram o departamento médico do clube ficar lotado.

“Esses exercícios físicos são bem válidos, importantes. Que possam fazer diferença. O jogo nos exige muito”, falou Marcelo Oliveira, que se estendeu nas atividades com uma sequência de abdominais antes de dar sua entrevista coletiva. “Gosto de fazer porque é importante. A sequência de abdominal é isso. Fortalece a região do púbis, que precisamos muito no jogo”, justificou.

No dia 14, no Pacaembu, o Verdão precisa de vitória por qualquer placar para chegar às quartas de final da Libertadores. O 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis e qualquer empate com gols ou triunfo dos visitantes classifica o Tijuana.

Para o confronto, entre os jogadores inscritos pelo clube na Libertadores, todos os desfalques do técnico Gilson Kleina são por contusão: o goleiro Fernando Prass, o zagueiro Vilson e os meias Valdivia e Patrick Vieira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade