Futebol/Copa Libertadores - ( )

Técnico tricolor vê rival ainda mais forte com Bernard e Tardelli

Bianca Mascara e Tossiro Neto São Paulo (SP)

O São Paulo fará mais um duelo contra o Atlético-MG pela Copa Libertadores, desta vez pelas oitavas de final da competição. No entanto, o jogo marcado para esta quinta-feira, às 20h15, no Morumbi, terá dois importantes reforços pelo lado do Galo, Bernard e Diego Tardelli.

O técnico Ney Franco acredita que os dois jogadores deixarão o Atlético mais ofensivo e ainda darão opções ao comandante do Galo, Cuca. “Ele (Bernard) dá uma força ofensiva maior para equipe do Atlético. Tardelli vai nessa mesma linha. O Atlético ganha mais opções com esses dois atletas, não só com os que entram jogando, mas com banco mais qualificado. O banco dá possibilidade ao treinador de manter o mesmo nível de atuação”, ressaltou o treinador tricolor.

O técnico já observou a dupla de jogadores do Atlético-MG em ação pelas semifinais do Campeonato Mineiro, em que o Galo venceu o Tombense, e pode tirar algumas conclusões. “São dois jogadores que já voltaram contra o Tombense, a gente viu. O Tardelli inclusive voltou fazendo uma função diferente, trabalhando centralizado, mais no meio. Ele (Cuca) usou Bernard do lado esquerdo e Alecsandro na referência. Eles trabalharam o tempo todo, os dois estão bem”, analisou.

Apesar das possíveis mudanças no time do Atlético-MG, em comparação com a última partida entre os dois times, Ney Franco garantiu que a atitude da equipe tricolor não irá mudar. “O conceito de jogo não muda. Muda a qualidade técnica de alguns jogadores”, declarou. “Bernard já foi, no ano passado, a grande revelação do futebol brasileiro e continua com o mesmo desempenho nesta temporada”, completou.

O Atlético deve entrar em campo de olho em conseguir uma vantagem para o segundo jogo, segundo o treinador, porém Ney Franco aposta no equilíbrio de forças na partida. “Eles vêm para conseguir um bom resultado e levar para o campo deles. Para conseguir certa vantagem para o próximo jogo. Eu acho que tanto na parte técnica, tática, física e emocional, fica tudo equilibrado”.

A partida entre São Paulo e Atlético-MG novamente promete muita emoção para ambas as torcidas. Mesmo pela fase de grupos, o Tricolor passou sufoco para conseguir a classificação e já teve uma experiência de jogo decisivo no último encontro com o Galo no Morumbi. O resultado de 2 a 0 para a equipe da casa rendeu não apenas a passagem para as oitavas, mas também muita confiança ao time, que estava cercado de desconfiança depois da campanha abaixo do esperado na primeira fase da Libertadores.

“Nossa equipe cresceu muito com esse momento ruim que a gente passou. Foi também um momento de superação, hoje ela está mais forte em todos aspectos. Estamos com grupo mais unido. Os jogadores perceberam que a gente esteve muito próximo ou praticamente fora da competição, e a gente teve mais uma oportunidade”, destacou Ney Franco. “Ninguém quer perder a oportunidade de chegar à final da Libertadores. O primeiro adversário desse caminho é a equipe que fez a melhor campanha, tem os melhores números e a que vem apresentando um bom futebol”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade