Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Tite pede na decisão força mental demonstrada contra o Boca Juniors

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Tite gostou do futebol apresentado pelo Corinthians no empate por 1 a 1 com o Boca Juniors. Gostou mais ainda da atitude de seus jogadores, que mantiveram a compostura apesar da atuação devastadora do árbitro Carlos Amarilla na partida em que foram eliminados da Copa Libertadores.

“Se não tivéssemos equilíbrio, teríamos tido expulsões e briga. Isso incitaria confusão lá fora também. Eles têm de estar orgulhosos da atitude. Disse a eles: ‘Mentalmente, vocês foram muito fortes’. Os caras aguentaram, mataram no peito, ficaram concentrados no jogo”, comentou o treinador.

Segundo ele, a mesma força terá de ser mostrada na Vila Belmiro para o Timão conquistar o Campeonato Paulista. É hora de esquecer a frustração pelo fracasso na luta pelo bicampeonato sul-americano e proteger a vantagem construída na primeira parte da decisão estadual, contra o Santos.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Jogadores do Corinthians tiveram a atitude elogiada e terão de repeti-la na Vila Belmiro
“É muito difícil trabalhar comigo, muito difícil. Quando se faz uma coisa boa, eu enalteço e obrigo a fazer de novo. Fez na quarta, vai fazer no domingo de novo. Se vai ser suficiente para o título eu não sei, porque também tem um grande trabalho do outro lado”, acrescentou Tite.

Apesar da cobrança, o técnico mantém distância de uma suposta obrigação de conquistar o Paulista após a eliminação na Libertadores. “A obrigação é repetir o padrão que tivemos. Tem que absorver o golpe porque a final está aqui, é real a possibilidade de título”, concluiu.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade