Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Torcida apoia Jorge Henrique com faixa, mas caso segue sem definição

Helder Júnior e William Correia São Paulo (SP)

Os fãs de Jorge Henrique já perdoaram o ato de indisciplina do atacante. Neste domingo, alguns deles chegaram até a levar uma faixa no Pacaembu para apoiar o jogador, que está afastado do elenco do Corinthians e corre o risco de ser negociado. O gesto não chegou a comover a diretoria.

“Como já falamos, estamos focados na sequência de jogos decisivos. Vamos ver o que fazer com o Jorge Henrique depois. Ainda não concluímos a situação”, postergou Roberto de Andrade, diretor de futebol corintiano.

Após faltar a um treinamento no último fim de semana e ser punido, Jorge Henrique também não trabalhou na véspera da vitória por 2 a 1 sobre o Santos, no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista. Desta vez, a folga foi acordada com a diretoria. “Ele está afastado, mas não tem motivo para treinar sozinho. É mais fácil dispensar do treino”, disse Roberto de Andrade.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Torcedores querem a permanência de Jorge Henrique, afastado do elenco corintiano por indisciplina
Os dirigentes e o próprio técnico Tite já admitiram ser difícil decidir pela transferência de Jorge Henrique para outra equipe em função da história construída pelo atleta no Parque São Jorge. A faixa exibida pela torcida neste domingo, por exemplo, lembrava que o atacante é cinco vezes campeão no clube: do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil em 2009, do Campeonato Brasileiro em 2011 e da Copa Libertadores da América e do Mundial de Clubes em 2012.

Chamado Jorge justamente por ter nascido em 23 de abril, dia do santo padroeiro do Corinthians, o atacante também é querido por gostar de provocar os rivais. Acostumou-se com a reserva em diversos momentos de sua trajetória no clube, porém sempre ganhou espaço em situações decisivas – como na final do Mundial contra o inglês Chelsea.

Após a vitória sobre o Santos, havia até um torcedor que circulava no saguão de acesso ao vestiário corintiano no Pacaembu com uma réplica da camisa utilizada por Jorge Henrique no Japão. Metros adiante, Tite chegou a citar o afastado atacante como uma das alternativas ofensivas de seu time.

Reaproximação
Da sua parte, Jorge Henrique também tem feito o possível para contornar o problema que criou. Já pediu desculpas públicas a Tite e a seus companheiros e, agora, mostrou ter acompanhado a vitória sobre o Santos. “Parabéns, Corinthians!”, ele publicou em seu Twitter, após o primeiro jogo da final do Campeonato Paulista.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade