Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Brasileiro Série B - ( )

Uma década depois, Verdão recomeça luta por elite contra Atlético-GO

Luiz Ricardo Fini Itu (SP)

Dez anos depois de ter disputado (e vencido) a Série B do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras está de novo na segunda divisão nacional. A partir deste sábado, às 16h20 (de Brasília), o Verdão recomeça sua luta pelo acesso, em jogo contra o Atlético-GO, no estádio Novelli Júnior.

Desde o começo da temporada, a Segundona é tratada como prioridade para a diretoria do clube, ficando à frente até mesmo da Libertadores no planejamento de 2013. Por isso, o técnico Gilson Kleina sabe que precisa corresponder à expectativa da diretoria e da torcida na competição que virou a maior meta do clube no ano, para garantir a presença na elite em 2014, quando comemorará seu centenário.

“O trabalho tem muito foco nesta competição desde o início, e o Palmeiras sabe de sua responsabilidade, porque nosso torcedor merece ver a força desta camisa. Mas não é só por usarmos o nome do Palmeiras que já ganhamos com antecedência, temos de fazer valer a qualidade e o apoio do torcedor”, afirmou o treinador.

Depois de ter sido rebaixado em 2002 e conquistado o acesso na temporada seguinte, o torcedor palmeirense imaginava que a diretoria tinha aprendido a lição para evitar novos vexames. No entanto, o clube sucumbiu novamente no ano passado, meses depois de ter sido campeão da Copa do Brasil.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Gilson Kleina inicia com o Palmeiras a disputa da Série B contra o Atlético-GO, neste sábado
Comandado por Luiz Felipe Scolari durante a maior parte do Nacional passado, o time foi rebaixado já sob a direção de Kleina, que foi mantido no cargo em janeiro, mesmo com a troca de presidentes: Paulo Nobre assumiu no lugar de Arnaldo Tirone. O elenco foi reformulado, inclusive com as saídas de Barcos e Marcos Assunção, e caiu nas fases de mata-mata da Libertadores e do Paulistão.

“Este grupo já passou por vários desafios. Quando iniciamos o ano, diziam que não tínhamos condições de nos classificar no Paulista, mas só saímos nos pênaltis para um grande clube (Santos). Na Libertadores, caímos por uma fatalidade (contra Tijuana). Tenho muita confiança neste elenco, que é comprometido e inserido no espírito vencedor”, acrescentou o técnico.

Para repetir a trajetória campeã de 2003, Kleina aposta em uma formação mais ousada na Série B. No último treino antes da estreia contra o Atlético-GO, o treinador tirou o volante Wesley e formou o time com três atacantes: Leandro, Kleber e Vinícius. O técnico também fez mudança na lateral esquerda, tirando o defensivo Marcelo Oliveira para colocar o ofensivo Juninho.

A partida deste sábado será disputada em Itu por punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, que impôs ao Verdão a perda de quatro mandos em função de confusões provocadas pela torcida no ano passado.

Arte GE.Net
Assim como o Palmeiras, o Atlético-GO também foi rebaixado no Brasileirão de 2012. Vice-campeão estadual, o Dragão quer esquecer a perda do título para o rival Goiás e iniciar um novo ciclo contra o time paulista.

“Nosso centro de atenções é a Série B agora. Muitos dizem que é até mais difícil do que a Série A para se jogar, mas acho que nossa equipe está bem preparada”, afirmou o meio-campista João Paulo.

O técnico Waldemar Lemos tem desfalques para escalar a equipe visitante. O zagueiro Artur e o atacante Pipico aprimoram a forma física depois de terem passado pelo departamento médico e estão fora neste sábado.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X ATLÉTICO-GO

Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data: 25 de maio de 2013, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (RJ)
Assistentes: Bruno Boschilia e Ivan Carlos Bohn (ambos do PR)

PALMEIRAS: Bruno; Ayrton, Henrique, Maurício Ramos e Juninho; Márcio Araújo, Charles e Tiago Real; Leandro, Kleber e Vinícius
Técnico: Gilson Kleina

ATLÉTICO-GO: Márcio; John Lennon, Ednei, Diego Giaretta e Leonardo; Dodó, Ernandes, Robston e João Paulo; William Barbio e Ricardo Jesus
Técnico: Waldemar Lemos

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade