Futebol/Copa Libertadores - ( )

Verdão volta do México nesta 5ª à espera do fim de semana de folga

Tijuana (México)

Por cumprir seu objetivo ao empatar sem gols com o Tijuana fora de casa, o Palmeiras poderá desfrutar de um ‘benefício’ pela eliminação nas quartas de final do Campeonato Paulista. Sem jogos até o dia 14, o grupo de jogadores que volta do México no final da manhã desta quinta-feira terá folga no fim de semana.

A decisão foi anunciada por Gilson Kleina após expor sua satisfação pelo resultado no primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores. “A equipe está concentrada desde quinta-feira, vamos dar folga no fim de semana. Na segunda-feira, voltamos com foco total”, informou o técnico.

A quinta-feira será de folga para quem esteve em Tijuana. Na tarde de sexta-feira, o grupo ainda fará trabalhos leves, de recuperação física, na Academia de Futebol, antes de partir para um raro fim de semana sem compromissos com o clube. É um prêmio da comissão técnica aos jogadores.

Kleina tem se preocupado com o descanso de seus atletas desde a confirmação do Tijuana como adversário nas oitavas de final da Libertadores. O treinador solicitou e a diretoria conseguiu que o clube não tivesse nenhum jogo na semana passada, evitando desgaste para as decisões que enfrentou nos últimos dias.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Gilson Kleina considerou sua programação um sucesso por conta do empate sem gols em Tijuana, na terça
Não houve sucesso na tentativa de continuar no Paulista – nos pênaltis, o Santos se classificou no sábado, na Vila Belmiro –, mas o treinador, desde dezembro, preferia dar prioridade à Libertadores. E o 0 a 0 em Tijuana comprovou o sucesso de sua programação.

No fim da manhã desta quinta-feira, após 17 horas de voo para viajar da fronteira entre Estados Unidos e México ao aeroporto de Cumbica, em Guraulhos (SP), o elenco começará a pensar mais do que trabalhar visando a partida de volta diante do Tijuana, no dia 14, no Pacaembu.

Como a Libertadores é o último torneio da equipe antes da estreia na Série B, no dia 25, contra o Atlético-GO, a responsabilidade de mais de uma semana pensando só no time mexicano aumentou. “Só temos essa competição. Vamos buscá-la”, projetou o treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade