Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Vitória sobre ASA contém cansaço palmeirense em desembarque nesta 4ª

William Correia Guarulhos (SP)

O Palmeiras encarou uma maratona para chegar a São Paulo na manhã desta quarta-feira. A delegação saiu rapidamente do estádio Coaracy da Mata Fonseca, antes da 1 hora (de Brasília) e encarou cerca de 125 km de ônibus de Arapiraca a Alagoas antes de embarcar para desembarcar no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, pouco depois das 7 horas. Mas tudo ficou mais fácil com a vitória por 3 a 0 sobre o ASA.

Um dos que mais sorriram foi Gilson Kleina. O técnico apareceu em um saguão de desembarque diferente dos comandados, acompanhando o presidente Paulo Nobre, e ganhou um forte aperto de mão antes de relatar com alegria o seu sentimento. Com vitórias nas duas rodadas iniciais da Série B do Brasileiro, o time já ocupa a liderança.

“Estou feliz pelo resultado que conseguimos em um jogo difícil. Apesar de estarmos ainda na segunda rodada, conseguimos os resultados que sempre queremos. É focar agora no próximo jogo e viver um jogo de cada vez, mas dessa maneira, para que possamos cada vez mais ser competentes”, disse o técnico ao ser questionado sobre a maratona de viagens.

Entre os jogadores, o sorriso mais largo foi de Leandro. Autor das assistências para os três gols alviverdes em Alagoas, o atacante deu entrevistas tranquilamente até chegar ao ônibus que transportou os atletas até a Academia de Futebol. Teve a mesma calma para atender a todos os pedidos de fotos e autógrafos.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Kleina recebeu cumprimentos de Paulo Nobre ainda no aeroporto e não escondeu a alegria pela liderança na Série B
Para Kleina, o ambiente é uma consequência do que tem sido feito. “É trabalho, tudo é trabalho”, definiu o treinador. “Tudo isso é pela maneira que estamos administrando, e é importante que os jogadores estão assimilando. Vamos fazer de tudo para manter essa regularidade nesses seis primeiros jogos. Queremos uma colocação boa, e sabemos que a cada jogo temos que provar mais”, prosseguiu.

Os seis pontos conquistados geram um aproveitamento de 100% que até facilita a primeira missão traçada pelo treinador. O objetivo é ficar entre os quatro primeiros colocados ao final da sexta rodada, quando o torneio será paralisado para a disputa da Copa das Confederações. O G-4 pode ser garantido com vitórias sobre América-MG, no sábado, e Avaí, na terça-feira, em dois jogos no qual o Verdão será mandante, em Itu.

“Sempre planejamos fazer o maior número de vitórias nesses seis jogos. Passava, claro, por estrear com o pé direito fazendo a vitória e buscar pontos em Arapiraca, que vieram com vitória. Ficamos muito satisfeitos e contentes”, continuou comemorando Gilson Kleina.

Na programação divulgada pelo clube, o elenco volta a treinar na tarde desta quinta-feira e ainda trabalhará na manhã de sexta-feira na Academia de Futebol antes de embarcar para Itu, onde encara o América-MG, às 16h20 (de Brasília), no estádio Novelli Junior - o clube cumprirá a segunda das quatro partidas de punição impostas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade