Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Bastidores - ( )

Wenger crê em queda do Manchester United após saída de Ferguson

Londres (Inglaterra)

Durante os 27 anos em que comandou o Manchester United, o treinador Alex Ferguson teve Arsene Wenger como um de seus principais rivais em 17 deles. Técnico do Arsenal desde 1996, o francês afirmou que o atual campeão inglês terá dificuldades para manter seu habitual nível de competição sem o escocês, que se aposentará após o termino desta temporada.

“Precisamos respeitar sua decisão. É triste porque é o fim de uma carreira histórica, mas ele tem recebido muitas palavras de admiração que, de fato, merece. Depois de 27 anos, ele acabou de ganhar novamente o campeonato e compreende que a partir de agora será mais difícil, até para o United, conseguir manter esta consistência de vitórias”, analisou.

Ferguson é o treinador que mais tempo passou à frente de um clube na história do futebol. Ele chegou ao United em 1986 e ajudou a equipe a vencer 13 vezes o Campeonato Inglês (incluindo o deste ano), duas vezes a Liga dos Campeões da Europa e outras duas o Mundial de Clubes. Ao todo, foram 38 taças erguidas. As conquistas pelo clube acabaram rendendo a ele o título de Sir, dado pela Coroa Britânica.

Wenger, por sua vez, treina o Arsenal desde 1996 e viveu seu auge no time londrino entre 2001 e 2004, quando conquistou o bicampeonato inglês, duas edições da Copa da Inglaterra e da Supercopa da Inglaterra. No entanto, a equipe caiu de rendimento com a saída de jogadores importantes e acumula jejum de quase oito anos sem títulos.

AFP
Com a saída de Ferguson, Wenger é o treinador com mais tempo à frente do mesmo clube na Inglaterra

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade