Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Apesar do gol, Rafael Moura mostra descontentamento com empate

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Rafael Moura encerrou nesta quarta-feira um jejum de quase três meses sem marcar gols pelo Internacional. Autor do gol colorado na partida contra a Portuguesa, o centroavante, porém, deixou o gramado do Canindé chateado. Motivo: o empate em 1 a 1 com a equipe paulista, que deixa o Colorado apenas na 10ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 5 pontos em 4 jogos.

“Não estou contente, pois eu queria a vitória. Sou muito sincero. A vitória seria mais importante para mim do que o gol”, lamentou o centroavante colorado, que substituiu Leandro Damião, convocado pela seleção brasileira para a disputa da Copa das Confederações.

Depois de perder para o Bahia em casa, o Inter deixou a escapar a vitória no Canindé após sair ganhando, e não teve forças para fazer o 2 a 1 mesmo que a Lusa tenha tido Ferdinando expulso na metade do segundo tempo. Para o He-Man, faltou concentração ao Colorado nestes dois tropeços mais recentes.

“Temos que nos concentrar mais. O jogo contra o Bahia em casa foi o nosso maior pecado, pois se tivéssemos vencido este empate fora com a Portuguesa poderia ter sido bom resultado”, avalia Rafael Moura, que deve ser titular do Colorado na partida deste sábado, contra o Cruzeiro, em Sete Lagoas.

Divulgação
O atacante Rafael Moura, que marcou o gol no empate do Inter com a Lusa, não ficou feliz com o resultado

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade