Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Apresentado no Real Madrid, Ancelotti foca "futebol espetacular"

Madri (Espanha)

Misturando as línguas italiana, francesa e espanhola, o técnico Carlo Ancelotti falou as suas primeiras palavras no Real Madrid. Apresentado oficialmente na manhã desta quarta-feira, na sala de imprensa do Santiago Bernabéu, o treinador comemorou e já projetou o time jogando um “futebol espetacular”.

“Agora no Real, o clube mais prestigioso do mundo tem que ganhar jogando um futebol espetacular, porque a história e a tradição deste clube são as de jogar um futebol ofensivo, e vamos trabalhar para deixar os torcedores felizes. O trabalho não será fácil. Mas nunca é fácil”, afirmou Ancelotti.

AFP
Ao lado de Zidane e Florentino Pérez, Ancelotti foi apresentado e negou ser 'bombeiro' (foto: Dominique Faget)
Prometendo melhora até no seu sotaque, Ancelotti crê que já tem tudo para fazer a equipe voltar a conquistar a Liga dos Campeões da Europa, algo que não acontece desde a temporada 2001-2002. Nos entanto, ele se reunirá com a diretoria para falar sobre o elenco.

“Creio que o trabalho será muito bom. Tenho os apoios do clube, do presidente e da torcida, então penso que esta será uma temporada feliz aqui; O plantel já é muito bom, mas deveremos ter altas e baixas. Vou ver com o clube. Em breve decidiremos”, comentou.

Ao lado do presidente Florentino Pérez e de Zinedine Zidane, que deverá ser o seu “braço direito” na comissão técnica, Ancelotti também negou ser um “pacificador”, como definiu um dos jornalistas na coletiva de imprensa. José Mourinho, o antecessor, colecionou polêmicas durante sua passagem.

“Nunca haviam me chamado assim. Sou um técnico e quero ter boa relação com os jogadores. Não acho que o Real precisa de um pacificador”, finalizou Ancelotti, mas não sem antes fixar o seu grande objetivo durante estes três anos de contrato: “O décimo título da Champions League”.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade