Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Atrasos salariais irritam Paulo Autuori, que deixa saída no ar

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O técnico Paulo Autuori deu a entender que pode deixar o Vasco nos próximos meses se o clube não resolver os constantes problemas de atrasos salariais. Em coletiva realizada nesta sexta-feira, o treinador comentou sobre a necessidade do clube equilibrar a questão financeira.

“O problema não está em pagar essas quantias, mas sim não haver mais atrasos a partir de julho. Não falo apenas dos jogadores, mas também dos demais funcionários. Essa é a meta da diretoria, que tenho certeza de que vai cumprir. Não foi um prazo que eu coloquei e sim um prazo que eles me deram”, declarou o treinador, já deixando escapar uma certa irritação, apesar de não aumentar o tom de voz.

Em seguida, perguntado se poderia sair, foi misterioso. “Eu não uso 'se', não sou uma pessoa de papo. Para mim o mais importante são as ações e as atitudes. Espero responder com ação e atitude caso isso venha a acontecer (atrasos após julho). Não vou falar, vou agir”, afirmou.

Autuori, porém, amenizou o discurso ao dizer que confia na diretoria. ”Quando eles venderam o Dedé me prometeram que usariam o dinheiro para quitar os salários e isso foi feito”, ressaltou o comandante cruz-maltino.

Marcelo Sadio/Vasco
Paulo Autuori voltou a reforçar a necessidade do Vasco pagar todos os salários atrasados

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade