Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Brasileiro Série B - ( )

Diante do Avaí, Verdão tenta se entender com torcida e voltar ao G-4

Itu (SP)

A Série B não começou como o Palmeiras queria principalmente em um aspecto: ainda falta uma harmonia entre time e torcida. Às 19h30 (de Brasília) desta terça-feira, novamente como mandante em Itu, a equipe tenta convencer quem está nas arquibancadas e enfrenta o Avaí com a missão de vencer para não se complicar na busca de sua meta de ficar entre os quatro primeiros colocados até o dia 11.

A empatia com os palmeirenses é uma das buscas mais importantes dos comandados de Gilson Kleina. O clube está impedido de atuar na capital paulista por conta de punição exatamente devido à revolta de torcedores que entraram em conflitos com policiais na campanha do rebaixamento no Brasileiro do ano passado e, mais uma vez, faz do estádio Novelli Junior a sua casa.

O Verdão não conseguiu levar nem 8 mil pagantes aos seus jogos como anfitrião até agora, e a diretoria torna o preço dos ingressos mais atrativos para o duelo desta terça-feira, com bilhetes a R$ 20 nas arquibancadas e R$ 80 no setor coberto. A intenção é de mais apoio do que críticas, já que, na derrota de sábado para o América-MG, Bruno chegou a chamar torcedores para a briga por se irritar ao ser contestado.

Em campo, apesar das vitórias nas duas partidas iniciais, o time comenta a quarta rodada fora da zona de acesso à primeira divisão. A meta traçada por Kleina é de estar no G-4 quando o torneio parar por conta da Copa das Confederações, daqui a três jogos, e a vaga na faixa será retomada em caso de triunfo sobre o Avaí.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Número de palmeirenses no estádio tem sido decepcionante e quem foi a Itu no sábado também se decepcionou
O treinador fez mistério sobre a escalação, comandando até treino secreto na véspera do duelo, mas deve apostar na mesma formação que iniciou a derrota para o Avaí, sob a ordem de mais toque de bola diante da excessiva preocupação defensiva que prevê de qualquer adversário na busca pela volta à elite do futebol nacional.

“Tenho certeza de que somos o time a ser batido. Não vai ser moleza, não existe jogo fácil. Vai ser assim. A Série B é um campeonato muito competitivo”, ressaltou Kleina, que mais uma vez não poderá contar com o atacante Kleber, o meia Valdivia, o goleiro Fernando Prass, o zagueiro Vilson e o volante Léo Gago, todos em tratamento de contusão.

Embora não seja uma retranca na teoria, Ricardinho, ex-meia de Corinthians, Santos e São Paulo e campeão na Copa do Mundo de 2002 com a Seleção Brasileira, arma o Avaí com um meio-campo bastante preenchido, no 4-5-1. E não abdicará do esquema para enfrentar um dos favoritos da competição.

O time catarinense está motivado pela vitória de virada por 4 a 3 sobre o Icasa, no Ceará, e ocupa o terceiro lugar da Série B com sete pontos somados em nove possíveis. O técnico ainda poderá contar novamente com o lateral Jefferson Maranhão e o meia Marquinhos, que foram poupados no Nordeste. Marquinhos foi confirmado entre os titulares, no lugar de Diego Jardel. Outra mudança é a volta do zagueiro Alef, que estava suspenso, no lugar Alex Lima, que cumpre gancho por expulsão.

Os laterais Aelson e Arlan e o zagueiro Leandro Amaro, sem condições físicas de jogo, completam a lista de desfalques do Leão catarinense. E o volante Eduardo Costa pode ser poupado, com Rodrigo Thiesen já de sobreaviso.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X AVAÍ

Local: estádio Novelli Junior, em Itu (SP)
Data: 4 de junho de 2013, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Eduardo de Souza Couto (ambos do RJ)

PALMEIRAS: Bruno; Ayrton, Henrique, Mauricio Ramos e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Tiago Real; Vinicius e Leandro
Técnico: Gilson Kleina

AVAÍ: Diego; Vinícius Bovi, Leandro Silva, Alef e Julinho; Alê, Eduardo Costa (Rodrigo Thiesen), Cléber Santana, Marquinhos e Márcio Diogo; Beto
Técnico: Ricardinho

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade