Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa das Confederações - ( - Atualizado )

Do contra, David Luiz cita desejo generalizado por duelo com Espanha

Helder Júnior, enviado especial Fortaleza (CE)

O zagueiro David Luiz tem fugido ao discurso politicamente correto do técnico Luiz Felipe Scolari e de seus companheiros de Seleção Brasileira. Ao mesmo tempo em que se manifesta a favor da onda de protestos no País, o jogador do Chelsea não esconde o desejo de medir forças com os atuais campeões do mundo na sequência da Copa das Confederações.

“Sou um jogador que gosta de grandes desafios, de grandes jogos. Tenho certeza de que todos do nosso grupo querem, sim, enfrentar a Espanha”, garantiu David Luiz, nesta terça-feira.

Pelo menos publicamente, a maioria dos companheiros do defensor discorda da opinião. O lateral esquerdo Marcelo chegou a se irritar quando ouviu quase dez perguntas sobre um eventual duelo com a Espanha. Segundo ele, era precipitado já dar como certa a presença dos espanhóis na decisão da Copa das Confederações.

O técnico Luiz Felipe Scolari também não gosta de adiantar seus anseios. Por enquanto, a única preocupação do comandante do Brasil é com o confronto desta quarta-feira, no Castelão, pela segunda rodada da fase de grupos.

“Eu quero pegar o México. Tenho que passar pelo México. Não dá para pensar em Espanha, Portugal ou Hungria”, esbravejou, permitindo-se vislumbrar somente até o último jogo da primeira fase. “Depois do México, virá a Itália. E assim vai.”

Djalma Vassão/Gazeta Press
Felipão aponta o México como a sua única preocupação no momento; David Luiz já pensa na Espanha

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade