Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa das Confederações - ( - Atualizado )

Elenco da Seleção Brasileira nega incômodo com regalia a Neymar

Goiânia (GO)

A regalia concedida pela Confederação Brasileira de Futebol ao atacante Neymar não incomoda o elenco dirigido por Luiz Felipe Scolari. O lateral direito Daniel Alves, que será colega de equipe do ex-santista no Barcelona, considerou natural a liberação do jogador para a apresentação ao clube espanhol.

“São momentos especiais e temos de passar por eles. Há a liberação de outros jogadores também para nascimentos de filhos. Não é uma liberação só ao Neymar, e sim aos jogadores que têm ocasiões especiais. Quando está feliz, o jogador dá uma resposta positiva ao grupo”, afirmou o lateral, que é um dos líderes do elenco.

O grupo da Seleção foi liberado para um curto período de folga depois da partida contra a Inglaterra, no domingo, com reapresentação marcada para o fim da manhã de segunda, com exceção de Neymar, que recebeu o aval para voltar apenas nesta terça.

Assim, o atacante embarcou ainda no domingo em jato fretado para a Espanha, onde foi apresentado pelo Barcelona na segunda, com direito a grande festa no Camp Nou. A CBF, porém, nega que o atacante esteja com tratamento diferente dos outros jogadores e cita ainda os casos de Jefferson e Filipe Luís.

O goleiro foi liberado da concentração na semana passada para acompanhar o nascimento de seu filho. Da mesma forma, o lateral esquerdo poderá sair do período de treinos para ver o filho nascer no início da próxima semana.

Assim como Daniel Alves, o atacante Bernard também minimizou que Neymar tenha perdido treino com a liberação para o Barça. “Todo mundo entendeu muito bem e está supertranquilo. Vamos esperar que ele volte, para o grupo ser fechado novamente para treinar”, encerrou.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade