Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Bastidores - ( )

Em processo de reformulação, Santos demite dois advogados do clube

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Em meio a um processo de reformulação, que se iniciou com a transferência de Neymar para o Barcelona e a demissão do técnico Muricy Ramalho, passando por outras decisões no departamento de futebol – como a saída do preparador de goleiro, Oscar Rodriguez –, o Santos vive um momento de mudanças, também no setor administrativo. Isto porque, os advogados Fábio Gonzalez e João Vicente Gazolla foram demitidos na última quarta-feira, e não integram mais o departamento jurídico do Peixe.

As demissões fazem parte de uma disputa dentro dos bastidores do clube praiano, pois há um racha na diretoria santista, envolvendo os apoiadores do presidente Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, afastado por questões de saúde, e do ex-diretor de futebol, Pedro Luiz Nunes Conceição, atual membro do Comitê de Gestão. A cúpula alvinegra deve definir na próxima semana quem serão os substitutos de Gonzalez e Gazolla.

Nos próximos dias, novas saídas devem ser anunciadas. Os superintendentes de esportes e administrativo, Felipe Faro e Henrique Schlithler, respectivamente, são dois nomes que podem ser demitidos em breve. O gerente de futebol, Nei Pandolfo, e o de marketing, Armênio Neto, são outros que também têm seus cargos ameaçados na Vila Belmiro.

Vale destacar que, além das disputas internas, mesmo com a transferência da Joia para o Barça, o Santos não vive uma situação confortável no aspecto financeiro. Desta forma, a política de redução de custos deve continuar, afetando tanto o setor administrativo quanto o departamento de futebol.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade