Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Emocionado, Neymar minimiza número da camisa e distância do filho

Barcelona (Espanha)

Depois de receber das mãos de Josep Bartomeu, vice-presidente do Barcelona, uma camiseta ainda sem número, Neymar minimizou o assunto. O atacante brasileiro ainda revelou emoção pela cerimônia de apresentação no Camp Nou, realizada nesta segunda-feira, e tratou com naturalidade a distância de seu filho.

“Nunca tive preferência por um número específico”, resumiu Neymar. Formado nas categorias de base do Santos, ele ganhou fama mundial com a 11, atualmente usada no Barcelona por Thiago Alcântara, filho do ex-jogador Mazinho. No empate com a Inglaterra, o atacante vestiu a 10 da Seleção Brasileira.

Cuidadoso, Neymar evitou criar qualquer tipo de polêmica durante a primeira entrevista coletiva como jogador do Barcelona, inclusive quando questionado sobre seu posicionamento em campo. “Não gosto de muito de ficar escolhendo lado para jogar. Eu gosto é de jogar, independentemente da posição. Se precisar, jogo até de goleiro”, disse, sorrindo.

Com a indefinição em torno do número, Neymar usou uma camiseta sem número, apenas com seu nome, na cerimônia de apresentação. O evento atraiu milhares de torcedores do Barcelona ao Camp Nou em plena segunda-feira, e deixou o jovem atacante brasileiro sensibilizado.

“Foi uma emoção muito grande entrar em campo e ser aplaudido pela torcida. Precisei me segurar muito para não chorar. É a realização de um sonho não do Neymar adulto, mas sim de um menino que sempre sonhou jogar no Barcelona. Foi uma emoção gigantesca”, disse o atleta, com a voz entrecortada.

DIRETOR MANTÉM 11 COM THIAGO 

O ex-goleiro Andoni Zubizarreta, diretor-esportivo do Barcelona, assegurou que a camisa 11, número tradicionalmente usado por Neymar, permanecerá com o Thiago Alcântara.

“A 11 é do Thiago. Esse número agora já tem um dono. A camisa é dele e ele desfruta disso, é do Thiago Alcântara”, afirmou o diretor, sentado ao lado de Neymar sua primeira entrevista como jogador do Barcelona.

Apesar da convicção de Zubizarreta em garantir que a camisa 11 permanecerá com Thiago, filho do ex-jogador Mazinho, ele pode ser negociado pelo Barcelona em breve, o que deixaria o número vago.

O atacante levou o pai e a namorada, a atriz Bruna Marquezine, à sua apresentação no Barcelona, além de alguns amigos. Ele citou a chance de realizar seu sonho diversas vezes durante a primeira entrevista coletiva e contou que ainda não assimilou as novidades.

“Estava conversando agora com meu pai e falei que a ficha ainda não caiu totalmente, sabe? É um sonho meu e da minha família, mas ainda falta alguma coisa para a ficha cair”, disse o jogador pouco depois de ver um vídeo com lances da própria trajetória, incluindo o início no futsal.

No auge de sua carreira, Neymar ainda minimizou a distância do pequeno filho. “Ainda não parei para conversar sobre isso. Quando decidi, sabia que sentiria saudade de algumas pessoas, entre elas do meu filho. Mas sempre que puder ele vai ficar aqui comigo. Ainda vamos conversar para resolver isso”, disse.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade