Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa das Confederações - ( )

Felipão credita a Parreira e a Murtosa o seu estilo mais tranquilo

Helder Júnior, enviado especial Belo Horizonte (MG)

O técnico Luiz Felipe Scolari deixou para trás o seu jeito emburrado. Nas concentrações da Seleção Brasileira, é possível encontrar o gaúcho sorridente, dando demorados mergulhos na piscina ou tomando chimarrão enquanto conversa com jornalistas. Segundo ele, a postura mais tranquila não se deve apenas à boa fase de sua equipe na Copa das Confederações.

“Não estou light nem diferente. Sou o mesmo de sempre. É que, às vezes, muitas pessoas não me conhecem direito”, disse Felipão, antes de reconhecer que conta com ajuda para se controlar. “Quero mandar um ou outro para o inferno de vez em quando, mas o Parreira e o Murtosa estão me podando, enchendo a minha paciência.”

Flávio Teixeira, o Murtosa, já era um amigo inseparável de Felipão antes mesmo da primeira passagem pela Seleção Brasileira. Carlos Alberto Parreira se aproximou mais do treinador agora, na função de coordenador. Ambos são citados com frequência (sempre de maneira elogiosa) nas entrevistas coletivas concedidas por Luiz Felipe Scolari.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Felipão está com a cabeça mais tranquila graças às vitórias e aos amigos Parreira e Murtosa
É inegável, no entanto, que as vitórias convincentes sobre Japão, México e Itália contribuíram bastante para acalmar Felipão. A Seleção Brasileira transformou críticas de torcedores em apoio com a boa campanha na primeira fase da Copa das Confederações e finalmente encontrou uma formação.

Apesar de não querer pensar em tropeço na semifinal contra o Uruguai, nesta quarta-feira, no Mineirão, Felipão garantiu que não terá um motivo forte o suficiente para perder o autocontrole e mandar alguém para o inferno com uma eliminação da Copa das Confederações.

“Todas as derrotas trazem impactos e fazem com a gente repense algumas coisas, indicando um caminho. Às vezes, as vitórias mascaram. Vamos avaliar tudo com calma, mas não estamos pensando em perder”, bradou o light Felipão.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade