Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa das Confederações - ( )

Felipão relembra Copa de 2006 para exaltar sintonia com o México

Helder Júnior, enviado especial São Paulo (SP)

O técnico Luiz Felipe Scolari já chamou o México de “pedra no sapato” da Seleção Brasileira. Mas nem por isso ele tem um sentimento ruim em relação ao adversário desta quarta-feira, no Castelão, pela segunda rodada da Copa das Confederações. Ao ver jornalistas mexicanos na véspera da partida, por exemplo, abriu um sorriso de satisfação.

“É uma alegria imensa voltar a conviver com vocês do México, pois fizemos um jogo espetacular em 2006”, comentou Felipão, referindo-se à vitória por 2 a 1 de Portugal, então comandada por ele, na fase de grupos do Mundial da Alemanha.

“Foi uma partida espetacular, com um ambiente maravilhoso entre as duas torcidas. Portugueses e mexicanos se misturaram nas arquibancadas, trocaram camisas, símbolos... E o jogo foi bem jogado. Felizmente, a gente ganhou”, sorriu.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Felipão pediu ambiente cordial entre brasileiros e mexicanos nas arquibancadas do Castelão
Por motivos óbvios, a torcida mexicana estará em número bem menor no novo confronto com Felipão, no Castelão. O que não faz o treinador abdicar da política da boa vizinhança: “Espero ver o mesmo clima cordial e espetacular de 2006 agora, com povos que têm algumas semelhanças”.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade