Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Ibson cita inatividade para valorizar estreia pelo Corinthians

Helder Júnior São Paulo (SP)

O meio-campista Ibson estreou pelo Corinthians antes do previsto, neste sábado. Oficialmente apresentado como reforço na sexta-feira, o jogador foi o escolhido pelo técnico Tite para deixar o time ofensivo no segundo tempo do empate sem gols com a Portuguesa depois de uma lesão sofrida pelo zagueiro Paulo André.

“Apesar de estar há muito tempo sem jogar, até que fiz uma boa estreia”, comentou Ibson, que defendia o Flamengo e quase não teve tempo para conhecer seus novos companheiros. “Vinha trabalhando somente a parte física. Mas o mais importante foi ter entrado em campo, buscando a vitória até o final”, disse.

O jogador não foi o único que gostou de sua atuação. Tite soube relevar o desentrosamento de Ibson ao avaliar a primeira participação no meio-campo do Corinthians. “Tivemos de apressar o processo, colocando o Ibson sem que ele tivesse feito um treinamento específico, o que prejudica a construção das jogadas”, lamentou, relevando alguns passes errados, que irritaram a torcida.

Ibson só não estava mais feliz porque o Corinthians não conseguiu derrotar a Portuguesa, embora tenha pressionado desordenadamente até o final do jogo. “Seria melhor se a minha estreia fosse com vitória, mas não foi por falta de luta que isso deixou de acontecer. Acertamos a trave duas vezes no finalzinho. Faltou sorte”, analisou.

Para superar a sorte, o reforço corintiano conta com a paralisação do Campeonato Brasileiro para a realização da Copa das Confederações. O Corinthians só voltará a disputar uma partida oficial em 3 de julho, justamente contra o rival São Paulo, no Morumbi, pela Recopa Sul-americana.

Djalma Vassão/Gazeta Press
O meio-campista Ibson nem precisou de muito treinamento para fazer a sua estreia pelo Corinthians
“O time vem de uma sequência de jogos muito forte. A parada será boa para descansar e engrenar nas competições que temos pela frente. Mesmo com os problemas, fizemos um bom jogo contra a Portuguesa e estamos de parabéns. Eles não criaram nenhuma chance clara de gol”, encerrou o estreante.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade