Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Inter enfrenta Bahia visando boa pontuação no começo do Brasileiro

Do correspondente Vicente Fonseca Caxias do Sul (RS)

O Internacional quer permanecer no G-4 antes da parada para a Copa das Confederações, aproveitando a tabela sem concorrentes diretos nesta luta para pontuar e acumular gordura. Neste domingo, às 18h30 (de Brasília), a obrigação passa por derrotar o instável Bahia, no Estádio Centenário.

O empate por 2 a 2 com o Vitória na estreia trouxe sérias desconfianças quanto à qualidade do elenco colorado, mas a vitória por 2 a 0 sobre o Criciúma, na última quinta-feira, gerou maior tranquilidade. Mesmo assim, o técnico Dunga evitar criar projeções de pontuação para não causar frustração caso ela não seja cumprida. O segredo no Brasileiro, segundo ele, é pensar cada jogo como decisivo.

“Agora vamos enfrentar o Bahia e temos que fazer os três pontos. Esse negócio de projeção pode criar um ambiente de discussão se a gente não cumpre. Precisamos entrar em campo sempre encarando como uma decisão”, afirmou o técnico, após os 2 a 0 sobre os catarinenses.

A equipe que jogará diante do Tricolor Baiano será exatamente a mesma que derrotou o Criciúma. Leandro Damião é o único desfalque, servindo à Seleção Brasileira. Ele será substituído por Rafael Moura. Forlán, que foi convocado pelo Uruguai, foi liberado para atuar e se apresentar apenas na segunda-feira à Celeste.

O Bahia vai à Serra Gaúcha com o objetivo principal de evitar sofrer gols. A equipe apresentou graves problemas defensivos neste começo de ano, levando 15 gols do Vitória em quatro clássicos e 3 a 1 do Criciúma na estreia do Brasileiro. Na quarta-feira, não foi vazada diante do Coritiba, mas o ataque também não marcou, fi

cando num 0 a 0 que, segundo o técnico Cristóvão Borges, foi injusto. “A equipe apresentará defeitos durante muito tempo, mas a evolução é nítida. Apresentamos uma variação de jogo que não vinha acontecendo. Os jogadores se entregaram ao máximo. Por tudo o que fizemos, merecíamos ganhar essa partida”, comentou o treinador após o jogo. A tendência é que, assim como Dunga, Cristóvão não realize mudanças na equipe do Bahia que vai ao Rio Grande do Sul.

O Tricolor vai a Caxias tentando quebrar um tabu longo, de 19 anos sem vencer o Internacional. A última vez foi pela Copa do Brasil de 1994, uma vitória por 5 a 4, na Fonte Nova. Já são 14 jogos sem derrotar o Colorado desde então.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X BAHIA

Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)
Data: 2 de junho de 2013, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes: Bruno Boschilla e Luciano Roggenbaum (ambos do PR)

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Juan e Fabrício; Aírton, Willians, Fred e D’Alessandro; Forlán e Rafael Moura.
Técnico: Dunga

BAHIA: Marcelo Lomba; Madson, Lucas Fonseca, Titi e Jussandro; Hélder, Fahel, Diones e Marquinhos; Ryder e Fernandão.
Técnico: Cristóvão Borges

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade