Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Interino, Claudinei destaca carência de reforços e "pede" mais tempo

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

No comando do Santos desde a demissão de Muricy Ramalho, na última sexta-feira, o técnico interino, Claudinei Oliveira, ainda não sabe se será efetivado pela direção do clube praiano. Mas, independentemente do seu futuro, Claudinei destacou que o Peixe necessita da chegada de novos reforços, para qualificar mais o seu elenco, visando a sequência do Campeonato Brasileiro.

“Não acho ser o caso de trazer alguém só para compor elenco. Já temos um bom número de jogadores por posição. Se não vierem (reforços), capacitamos a equipe que temos para jogar o melhor possível. Mas acredito que, com o tempo, teremos uma evolução grande, com novas contratações”, disse o interino, que contou não ter sido chamado pela cúpula santista, para discutir a chegada de reforços.

“Ainda não tivemos reuniões para falar de contratações, mas acho que o nosso elenco é bom. Podemos precisar de uma contratação pontual ou outra, mas só (deve chegar) se for com peso de titular”, ponderou Claudinei Oliveira.

Sobre a sua situação, o treinador ressaltou não ter sido informado de nenhuma novidade pelos dirigentes. Claudinei falou também que, com mais tempo de trabalho, a equipe deve evoluir sob a sua orientação.

“Não digo que (a nossa recuperação) é a longo prazo, mas requer tempo. O Santos, como time grande que é, não pode perder, tem sempre que conseguir o resultado positivo, mas demanda tempo. No jogo contra o Grêmio (empate, no último sábado) comentei que evoluímos, todos elogiaram, mas assumi que não tinha méritos porque trabalhei pouco tempo. Preciso de mais tempo para trabalhar com os jogadores”, encerrou o comandante alvinegro.

Enquanto o Santos estuda alternativas para o cargo, como Marcelo Bielsa, argentino que atualmente treina o Athletic de Bilbao (Espanha), Claudinei Oliveira deve continuar interinamente no posto, dirigindo o time diante do Atlético-MG, na próxima quarta, na Vila Belmiro.

Vale lembrar que, além de Bielsa, Dorival Júnior e Mano Menezes, ambos desempregados, são os nomes mais fortes nos bastidores do Peixe, no momento, para a sucessão de Muricy Ramalho no clube.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade