Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Irritada com exigências, diretoria do Santos desiste de Bielsa

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

As negociações entre Santos e o técnico Marcelo Bielsa, que vinham caminhando bem nos últimos dias, tomaram outros rumos. Irritada com algumas exigências do treinador argentino, a direção do clube praiano praticamente desistiu de “El Loco” e, agora, deve passar a ponderar outras opções no mercado, tendo em vista que conversava apenas com Bielsa.

Os santistas ficaram insatisfeitos com a postura do ex-comandante do Athletic de Bilbao (Espanha), disposto a assumir o cargo apenas em janeiro de 2014, na Vila Belmiro. Enquanto isso, o seu auxiliar técnico, Claudio Vivas, trabalharia ao lado do interino Claudinei Oliveira. A ideia não agradou a cúpula alvinegra, que mirava contar com Marcelo Bielsa já durante a paralisação do Campeonato Brasileiro, por conta da disputa da Copa das Confederações.

AFP
Técnico Marcelo Bielsa irritou diretoria do Santos, que desistiu da negociação, após fazer pedidos
Além disso, outros fatores inviabilizaram o acerto. “El Loco” queria uma multa rescisória estipulada em seu contrato, que seria assinado até o fim de 2014. A exigência não agradou, pois o Santos desejava pagar, em caso de rescisão, o valor proporcional aos meses que restariam até o término do vínculo. Bielsa, que havia reduzido a sua pedida salarial inicial, pretendia receber os seus vencimentos mensais em euros, outra hipótese descartada.

O argentino também desejava contar com autonomia total para montar o time e trazer outros profissionais, para compor a sua comissão técnica. O pedido foi rejeitado e, diante deste cenário, os santistas desistiram da sua contratação.

Com isso, Claudinei, que estava nos Juniores (sub-20) do Peixe, segue no comando. A diretoria alvinegra ainda não confirma se irá efetivá-lo, mas o técnico irá continuar no posto, ao menos por enquanto. Claudinei Oliveira conta com a simpatia do elenco e já teve a sua permanência defendida pelo experiente lateral-esquerdo Léo, um dos atletas mais influentes dentro do grupo praiano.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade