Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa das Confederações - ( - Atualizado )

Jô frustra férias da esposa para viver emoção única pela Seleção

Brasília (DF)

Quando Leandro Damião deixou um dos treinamentos da Seleção Brasileira lesionado, a comissão técnica teve de pensar rápido em um substituto e chamou Jô para integrar o grupo. O atacante do Atlético-MG respondeu bem e precisou de poucos minutos em campo para fazer o primeiro gol com a amarelinha. Mas a oportunidade dará trabalho ao centroavante dentro de casa.

Com a parada no Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa das Confederações, Jô teria uma semana de férias no Galo e estava ajustando os últimos detalhes de uma viagem com a esposa quando recebeu o chamado de Luiz Felipe Scolari para defender o Brasil.

“Seleção é sempre mais importante na carreira de um jogador. Está sendo maravilhoso, nunca teve coisa parecida na minha vida. Tinha programado uma viagem com minha esposa, mas aí surgiu essa oportunidade e foi uma alegria imensa. Agora já não vai ter férias (risos), vou ter que voltar para o Atlético-MG e comprar um presente. Ela sabe que foi por um ótimo motivo e com certeza ela está orgulhosa, assim como meus pais”, brincou o camisa 21.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Jô recebeu passe açucarado de Oscar já nos acréscimos da partida em Brasília e tocou para o fundo do gol
Jô havia entrado no segundo tempo do amistoso contra a França e mostrou boa movimentação na vitória por 3 a 0. No último sábado, o centroavante foi mais uma vez chamado por Felipão para entrar na vaga de Fred e conseguiu aproveitar a chance de maneira ainda mais especial: marcando o terceiro gol do triunfo sobre o Japão no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

“Passou um filme da minha carreira. Pensei nos familiares, nos amigos, é uma emoção muito boa que só quem fez um gol pelo Brasil sabe o quanto é bacana. Tenho que manter a humildade, dar um passo de cada vez. Consegui fazer dez minutos bons, com um gol, mas acredito que não tenho vaga garantida. Preciso trabalhar, fazer um boa Copa das Confederações, voltar ao Galo e fazer o que tenho feito”, sentenciou o atleticano, horas antes do embarque da Seleção para Fortaleza, palco do duelo com o México na próxima quarta-feira.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade