Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Jorginho aceita vaias ao Flamengo e não dá desculpas para má fase

Florianopolis (SC)

Jorginho não defendeu o Flamengo das cobranças de seus torcedores por mais um tropeço no Campeonato Brasileiro. Para o técnico, o time mereceu ser vaiado pelo desempenho na derrota por 1 a 0 para o Náutico, nesta quarta-feira, no Orlando Scarpelli.

“Respeito o nosso torcedor, que tem toda a razão ao vaiar. Não podemos perder um jogo como esse, contra uma equipe completamente defensiva, que veio em busca do empate”, reconheceu.

Prometendo apenas “trabalhar”, Jorginho ainda evitou procurar justificativas pelo mau momento. “Não há desculpas. Estamos mal, em uma situação delicadíssima. O Flamengo não pode ficar do jeito que está”, disse.

Apesar do tom pessimista de voz, o treinador prometeu não se deixar levar pelas vaias e tentar resistir no cargo. “Está difícil. Sei como é o Flamengo, cheio de pressão, mas vamos continuar nos empenhando, recebendo reforços, para tentar melhorar”, pregou.

Com apenas 2 pontos ganhos na tabela de classificação do Brasileiro e sem ter conquistado nenhuma vitória, o Flamengo terá a sua última chance de reagir antes da Copa das Confederações contra o Criciúma, fora de casa, no sábado. Mesmo com uma vitória, ficará bem aquém das pretensões iniciais.

“Estamos muito abaixo, mas ninguém havia programado chegar aos 15 pontos agora, o que seria maravilhoso, o sonho de todos os clubes”, ponderou o pressionado Jorginho.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade