Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Luan reconhece exigência, mas pede apoio da torcida para “ir mais longe"

Florianopolis (SC)

Revelado nas categorias de base do clube, o volante Luan, 22 anos, conhece bem a torcida do Figueirense. Mesmo ocupando a quinta posição da Série B do Campeonato Brasileiro, o time catarinense não vem agradando às arquibancadas do Orlando Scarpelli. Para o jovem, no entanto, cabe aos atletas conquistar o apoio dos fãs.

“O torcedor sempre será exigente. Nós temos que entendê-los também. Estamos sempre em busca dos melhores resultados, mas às vezes eles não vêm. Estou aqui há bastante tempo e sei da exigência da torcida. Mas precisamos deles, com eles a gente pode ir mais longe”, disse Luan.

Com a pausa para a Copa das Confederações, o Figueirense já acumula dezesseis dias sem realizar uma partida oficial. Neste sábado, no entanto, a equipe terá a oportunidade de voltar a campo. Encara o Coritiba, na capital paranaense, em amistoso às 15h30 (de Brasília), no Eco Estádio Janguito Malucelli. Disputando uma vaga no time titular, Luan acredita em jogo bom e com ritmo forte.

“O amistoso vai servir para tirarmos essa semana que ficamos parados, analisar o grupo e ver como estamos nos sentindo. Aposto em um ritmo de jogo forte, pois é um time de Série A que quer volta bem para o campeonato”, analisou.

Após enfrentar o líder do Campeonato Brasileiro, o Figueirense volta a campo no dia 7 de julho, sábado, às 21 horas (de Brasília), diante do Boa Esporte, no Orlando Scarpelli, pela sétima rodada da Série B. Até aqui, o time catarinense ocupa a quinta colocação com dez pontos.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade