Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Bastidores - ( )

Mano nega ser “milagroso”, mas admite interesse por projeto do Fla

São Paulo (SP)

Alvo da diretoria do Flamengo para assumir o comando da equipe após a saída de Jorginho, Mano Menezes resolveu abrir o jogo sobre as conversas com o clube carioca. O ex-treinador da Seleção Brasileira revelou ter se interessado pelo projeto apresentado pelos rubro-negros, mas aproveitou para cobrar estrutura e reforços para não precisar fazer milagres na Gávea.

Mano está sem emprego desde o final do ano passado, quando deixou o time canarinho mesmo com a conquista do Superclássico das Américas sobre a Argentina. Sondado também pelo Porto, o técnico garante que a questão financeira não será determinante para o destino das conversas com os dirigentes flamenguistas.

"Não se trata de gostar de dinheiro. Gosto de dinheiro, principalmente do meu. Mas também gosto de reconhecimento do meu trabalho. Acho que atingi um nível proporcional ao meu reconhecimento. Não vai ser isso que vai impedir o meu acerto. O que pode impedir são condições de trabalho", explicou, em entrevista ao canal ESPN.

Responsável por reerguer o Corinthians em 2008 após o clube paulista ser rebaixado, Mano vê com bons olhos a oportunidade de reestruturar mais um gigante do futebol brasileiro. Embora se mostre animado, o comandante não quer chegar ao Flamengo com status de salvador da pátria.

"O Flamengo é um grande clube que passa por uma fase de reestruturação e gosto do conceito que estão tentando implantar. Existe uma simpatia inicial pelo projeto. O que vai acontecer nos próximos dias depende da possibilidade de fazer um bom trabalho, porque técnico não é um sujeito milagroso. Precisa ter material humano para fazer os trabalhos”, ressaltou.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade