Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Mesmo na ponta, Ney Franco lembra necessidade de reforços

Belo Horizonte (MG)

Não é por estar na primeira posição do Campeonato Brasileiro que Ney Franco está completamente satisfeito com o que tem em mãos. Depois do 0 a 0 com o Atlético-MG - resultado bom, ainda mais pela expulsão de Denilson -, o treinador são-paulino alertou que precisa de reforços no segundo semestre.

Já com uma série de desfalques no grupo titular – os lesionados Rafael Toloi, o meia Paulo Henrique Ganso e o atacante Luis Fabiano, além de Jadson, convocado para a Copa das Confederações –, além de jovens jogadores a serviço da Seleção sub-20, ele viu o lateral esquerdo Thiago Carleto machucar o joelho.

"Infelizmente, isso tem sido constante. Perdemos o Osvaldo e o Aloísio da mesma forma. São situações das quais não temos controle. Então temos que ter elenco para conseguir substituir os jogadores", disse o treinador, no dia em que promoveu a estreia de Lucas Evangelista, de 18 anos, para tapar vaga de Luis Fabiano.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net
Treinador são-paulino espera jogadores de impacto
A esperança é que a diretoria consiga reforços de impacto para o ataque na janela de transferências internacionais. "Temos engatilhadas algumas possibilidades, mas é preciso esperar o momento certo. A tendência é essa (jogadores de renome)".

Por enquanto, porém, os novos nomes serão o goleiro Renan Ribeiro, do Atlético-MG, e o lateral esquerdo Reinaldo, que estava no Sport. Atletas que, a princípio, chegam apenas para compor grupo e nem foram indicações de Ney Franco.

No segundo semestre, afora o Brasileiro, o São Paulo vai disputar a Recopa, contra o Corinthians, e iniciará a Sul-americana nas oitavas de final por ter sido campeão em 2012.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade