Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( )

Na degola, Azulão recebe Atlético-GO em busca da primeira vitória

São Caetano do Sul (SP)

Na zona de rebaixamento após a derrota em casa para a Chapecoense, no sábado, o São Caetano tem nova chance no Anacleto Campanella. Ainda sem vencer após três rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro, o Azulão recebe o Atlético-GO às 21h50 (de Brasília) desta terça-feira.

Para conquistar a primeira vitória, no entanto, o time do ABC paulista terá que quebrar outro incômodo jejum na competição. Nas três primeiras partidas, o São Caetano balançou as redes apenas uma vez.

Para o técnico Marcelo Veiga, os resultados adversos até aqui não refletem o futebol mostrado em campo por sua equipe. “Nunca é bom perder, mas a derrota, algumas vezes, esconde o que realmente está acontecendo. Não está tudo errado”, garante o treinador.

Se o São Caetano vive momento conturbado na competição, a fase dos atacantes do Atlético-GO também não é das melhores. Enquanto William Barbio perdeu chances claras nas duas partidas da equipe fora de casa, Ricardo Jesus não marca gols há cinco jogos.

Sem conseguir explicar o jejum, o jogador garante empenho para ajudar o Dragão a conquistar os primeiros três pontos longe de Goiânia que darão mais confiança para a sequência da Série B.

“É difícil de explicar. A gente nunca quer errar, nunca quer deixar de fazer gols. Temos treinado bastante e temos que ter um pouco mais de tranquilidade e paciência. Se Deus quiser, isso vai mudar. Temos que conquistar essa vitória fora de casa. Assim, quando formos enfrentar outros adversários, eles já vão nos temer um pouco mais”, afirma.

FICHA TÉCNICA
SÃO CAETANO X ATLÉTICO-GO

Local: Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP)
Data: 4 de junho de 2012, terça-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: Andrea Marcelino de Sá e Luiz Felippe Scofield Guerra Costa (ambos do RJ)

SÃO CAETANO: Rafael Santos; Douglas Grolli, Luiz Eduardo e Samuel Xavier; Leandro Carvalho, Dudu, Wágner Carioca, Danilo Bueno e Diego; Danielzinho e Jael
Técnico: Marcelo Veiga

ATLÉTICO-GO: Márcio; John Lennon, Ednei, Diego Giaretta e Leonardo; Dodó, Ernandes, Pituca e João Paulo; Pipico e Ricardo Jesus
Técnico: Waldemar Lemos

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade