Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa da Alemanha - ( - Atualizado )

Na despedida de Heynckes, Bayern bate Stuttgart e fecha ano perfeito

Berlim (Alemanha)

O Bayern de Munique é o campeão da Copa da Alemanha. Na tarde deste sábado, diante do Stuttgart, sofreram para vencer por 3 a 2 e garantir a Tríplice Coroa (Campeonato Alemão, Ligados Campeões e Copa da Alemanha) pela primeira vez em sua história, na partida que marcou a despedida do técnico Jupp Heynckes do time, que será comandado por Pep Guardiola a partir da próxima temporada.

O resultado começou a ser construído apenas no final da primeira etapa, depois de um período muito equilibrado com chances para os dois lados e momentos de pressão do Stuttgart sobre o time de Munique

Aos 37, o árbitro marcou pênalti para os campeões europeus e Thomas Muller bateu com categoria, deslocando o goleiro Ulreich para inaugurar o placar.

O equilíbrio visto no primeiro tempo caiu por terra na etapa complementar e o Bayern voltou arrasador, disposto a garantir o título. Logo aos três minutos, Lahm, dentro da área, avançou até a linha de fundo e bateu para dentro. Mario Gomez deixou a bola bater em suas duas pernas antes de entrar no gol e aumentar a vantagem do Bayern.

Aos 16, depois de desperdiçar algumas chances, o Bayern chegou ao terceiro. Muller descolou bom passe para Mario Gomez. O atacante alemão bateu de primeira e fez 3 a 0, praticamente garantindo a vitória, ou foi isso o que o torcedor pensou.

AFP
A torcida do Bayern de Muniqeu festejou mais um título, desta vez o da Copa da Alemanha, no Estádio Olímpico de Berlim
Porém, nos minutos seguintes, a pressão do Bayern se dissipou e o Stuttgart conseguiu buscar uma reação. Aos 26, Sakai fez ótimo cruzamento, na cabeça do atacante Harnik, que descontou.

Nove minutos depois, o mesmo Harnik aproveitou rebote da trave e bateu de primeira. Neuer defendeu e a bola voltou aos pés do austríaco, que desta vez conseguiu dominar antes de finalizar para a redes e colocar o seu time de volta no jogo.

O gol, porém, teve o efeito contrário do que se esperava e despertou o Bayern. Os bávaros voltaram a pressionar, buscando até o fim o quarto gol, sem sucesso. O clube, porém, foi bem-sucedido em manter a vantagem e garantir a vitória e o último título de Jupp Heynckes nesta passagem pelo Bayern.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade