Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Copa das Confederações - ( )

Oscar esquece o cansaço na reta final da Copa das Confederações

Helder Júnior, enviado especial Belo Horizonte (MG)

O meia Oscar é o jogador mais desgastado fisicamente da Seleção Brasileira, segundo o técnico Luiz Felipe Scolari. Mas não quer ser poupado de nenhum momento da reta final da Copa das Confederações. O atleta do britânico Chelsea garante que tem fôlego suficiente para alongar a sua temporada em mais duas partidas.

“Às vezes, bate um pouquinho de cansaço, até psicológico, mas não dá para sentir isso em uma Copa das Confederações. Só faltam mais dois jogos. Não existe essa história de cansaço agora”, declarou Oscar, satisfeito com a campanha brasileira no torneio. Já ocorreram vitórias por 3 a 0 sobre o Japão, 2 a 0 em cima do México e 4 a 2 diante da Itália até então.

“O time vem jogando muito bem. Estamos muito felizes porque fizemos três bons jogos. Agora é descansar para a semifinal”, avisou Oscar, que realmente precisa do descanso (pelo menos de acordo com a comissão técnica). Felipão, no entanto, já adiantou que o meia não precisa ser poupado de jogos.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Oscar é o jogador mais desgastado do Brasil, segundo Felipão, mas não quer ser poupado de nada
O próximo compromisso de Oscar e dos demais jogadores da Seleção Brasileira será contra o Uruguai, na quarta-feira, no Mineirão. O duelo sul-americano vale uma vaga na decisão da Copa das Confederações. E o meia está confiante.

“O nosso time já melhorou bastante. Estamos muito mais compactos, com cara de equipe. Só cansamos um pouco contra a Itália por causa do calor, mas, mesmo assim, conseguimos uma bela vitória. A Seleção vem evoluindo a cada jogo”, afirmou Oscar.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade